sex 19/julho/2024 06:19
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Grávidas precisam ter cuidado com a saúde durante as mudanças de tempo — Foto: Freepik

8 dicas para as gestantes lidarem com as mudanças bruscas de temperatura

redacao
Redação Dia a Dia

Um dia sol e calor, no outro frio e chuva… Não há sistema imune que aguente as mudanças bruscas de temperatura e, na gravidez, é preciso ter um cuidado redobrado. As ondas de calor podem ser ainda mais sofridas para as grávidas. Confira 8 dicas para as gestantes lidarem com as mudanças bruscas de temperatura.

“A temperatura corporal da gestante pode ser de 0,5°C a 1°C mais alta do que a das outras pessoas devido à ação do hormônio progesterona”, explica Renata Iak, parteira, enfermeira obstetra e consultora de aleitamento materno da Clínica Parto com Amor, de São Paulo. Além disso, as quedas de pressão e inchaços podem piorar.

Quando o tempo vira, é preciso se prevenir contra doenças virais. Isso porque, devido às alterações hormonais e na circulação do sangue, o sistema imune costuma ficar fragilizado e, com as mudanças bruscas do clima, pode ficar ainda mais sensível. “A grávida possui uma redução da sua imunidade, o que a torna mais suscetível à ação de vírus e bactérias”, afirma Renata. Para ajudar a preservar a saúde durante estas variações climáticas, a Crescer conversou com especialistas em obstetrícia, que reuniram dicas valiosas para as gestantes. Confira!

1. Previna-se contra doenças virais

Como as gestantes já possuem um sistema imune fragilizado e têm mais chances de contrair infecções virais, muito comuns em climas mais frios, a prevenção é o melhor caminho. A vacinação é uma das principais formas de se proteger dos vírus. “As vacinas contra a covid e a gripe são de grande valia e são indicadas durante a gravidez”, destaca Renata Iak.

Mas também é preciso tomar outros cuidados. “Busque lugares mais arejados, use máscara e sempre higienize as mãos com álcool em gel para manusear objetos”, orienta Wagner Hernandez, obstetra especializado em gestação de alto risco, gravidez gemelar e parto normal, de São Paulo. Além disso, a alimentação pode ser uma boa aliada para dar um up na imunidade. “Apostar em alimentos ricos em vitamina C e ferro pode auxiliar a gestante nesse período”, complementa Renata.

2. Evite aglomerações

“Apesar das grávidas já terem tomado várias doses das vacinas, ir a lugares lotados sempre traz um risco adicional para se contrair doenças”, reforça Wagner Hernandez. Além disso, aglomerações são sempre preocupantes para as grávidas, segundo o obstetra. “Quando tem muita gente e está muito calor, a pressão pode cair”, afirma. A queda da pressão é mais acentuada nas gestantes, principalmente, devido ao aumento da ação da progesterona, que causa a vasodilatação.

Por isso, fique longe de grandes multidões e prefira ambientes bem arejados e confortáveis, de preferência, que tenha lugares para descansar. “Sentar costuma minimizar o desconforto, além de evitar o risco de tontura, desmaio e queda, pois bater a barriga também pode ser prejudicial”, alerta o obstetra.

3. Não tome banhos muito quentes

Com as mudanças de temperatura, o banho pode ser um ótimo momento para se esquentar, mas é preciso ter cuidado. “Banhos quentes e demorados podem levar à queda da pressão arterial, além de diminuir a imunidade da pele. Portanto, evite esse hábito”, orienta Renata.

4. Proteja-se contra o sol

Embora seja bom aproveitar o calor para pegar um solzinho, é melhor evitar os momentos de pico e tomar alguns cuidados. “A exposição excessiva ao sol pode causar a queda da pressão”, alerta Renata. Bonés, chapéus e protetor solar também são fundamentais para evitar aquelas temidas manchas da gravidez.

5. Lembre-se de se hidratar

A hidratação é sempre importante, não importa o clima. Mas claro, no calor, é ainda mais necessário. “A sudorese da gestante aumenta muito e o risco de desidratação também, o que pode trazer muitos problemas, inclusive a queda e pressão. Em geral, a grávida deve tomar de 2,5 a 3 litros de água por dia para se manter hidratada, porém, é preciso fracionar para que ela não se sinta nauseada e tenha refluxo”, indica Renata. Por isso, tenha sempre uma garrafinha em mãos.

6. Cuidado com o inchaço

Por conta das alterações hormonais, somadas ao aumento da circulação sanguínea, a grávida tem uma grande tendência a reter líquidos, o que provoca inchaços em várias regiões do corpo, principalmente nas pernas. No calor, o incômodo pode se intensificar. “Evite ficar sentada ou em pé por muito tempo, varie as posições e se movimente”, afirma a enfermeira obstetra. Alongamentos e massagens nas regiões podem ajudar. “Se o calor permitir e a grávida se sentir confortável, também é uma boa ideia usar meia de compressão, que ameniza o inchaço das pernas”, aponta Wagner Hernandez.

7. Mantenha uma alimentação saudável e equilibrada

Algumas comidas também podem contribuir para inchaços. “Quanto menos condimentados e com menor teor de açúcares e sódio forem os alimentos, mais confortável a gestante irá se sentir nos dias quentes”, afirma Renata Iak. As frituras também devem ficar de fora do cardápio. “Comidas gordurosas podem causar desconforto gástrico e contribuem para a retenção de líquido”, ressalta Wagner Hernandez. O ideal é manter uma alimentação saudável e balanceada. “Prefira alimentos frescos e sempre bem higienizados, pois o calor favorece a proliferação bacteriana”, alerta Renata.

8. Escolha da roupa

Para não ser pega de surpresa pelas mudanças bruscas do clima, sempre confira em sites ou aplicativos qual será a temperatura máxima e a mínima do dia antes de sair de casa. Assim, você poderá escolher a roupa mais adequada para o tempo, o que pode fazer toda a diferença para o conforto e bem-estar. “Quando estiver calor, utilize vestimentas de tecidos leves e que ajudem na transpiração da pele (não pode abafar)”, indica Renata Iak. Já no frio, separe um casaco bem quentinho e aconchegante.
“Enquanto esse movimento de alta nos juros futuros americanos perdurar, é bem provável que o dólar continue se valorizando frente a outras moedas. Isso porque o investidor global prefere investir em economias mais resilientes”, explica.

Com informações da Revista Crescer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

material-apreendido-mimoso-18-07-2024b

Polícia apreende arma e mais carga roubada em operação em Mimoso do Sul

rio-itapemirim-ilha-da-luz-17-07-2024

Com nível baixo dos rios, Agência declara estado de atenção de escassez hídrica no ES

mototaxista-baleado-17-07-2024

Passageiro da moto levou 4 tiros. Ele disse que estava sendo ameaçado

Patricia-Pereira-paratleta-17-07-2024

Espírito Santo conquista 25 medalhas no Circuito Loterias Caixa de Natação Paralímpica

CCJ-Senado-17-07-2024

PEC que anistia partidos só deve ser votada em agosto no Senado

tres-presos-furto-carga-mimoso-17-07-2024

Trio é preso em Mimoso do Sul por furtos de carga em caminhões

mototaxista-carona-baleados-17-07-2024

Motociclista e carona baleados na subida do bairro Aquidaban

atleta Edimara Alves

Brasil vence Sul-Americano de Atletismo com capixaba na seleção

Leia mais