O ortopedista Amilton Zacche usa a acupuntura desde 1999

Acupuntura trata processos inflamatórios e distúrbio de ansiedade, diz médico

Acupuntura trata processos inflamatórios e distúrbio de ansiedade, diz médico

Terapia milenar de origem chinesa, a acupuntura estabelece o equilíbrio corporal e facilita a circulação de energia. Com isso, é desencadeado um efeitos analgésico e anti-inflamatório.

Quem informa é o médico ortopedista e traumatologista Amilton Salis Zacche, adepto da prática, que é médico desde 1978, mas que  usa a acupuntura em seus pacientes desde 1999, quando obteve o título de Especialista.

“A introdução desta técnica na minha vida profissional deu-se pela minha observação do uso abusivo de medicamentos, principalmente os anti-inflamatórios, com sequelas evidentes” esclarece.

 

 

Amilton Zacche diz que usa a acupuntura em quadros álgidos de coluna e articulações, nas dores miofasciais crônicas e como complemento ao tratamento de fibromialgia e distúrbios de ansiedade.

“Os principais benefícios são a ausência de efeitos colaterais de medicamentos, e  principalmente, a sua aplicação em pacientes polimedicamentados e portadores de patologias, em que o uso de analgésicos e anti-inflamatórios estão contraindicados”, enfatiza.

O médico acupunturista destaca que a melhora parcial já pode ser percebida a partir da terceira sessão, em média. “A acupuntura é uma opção que deve ser considerada”.

Nathália Thomaz, 35 anos, gerente de Vendas na Caixa Econômica, conta que teve o primeiro contato com a técnica aos 18 anos, num período em que sofria com fluxo menstrual intenso e muita cólica, após cerca de três anos de tratamento com medicamentos.

 

Nathália Thomaz recomenda a acupuntura

 

Ela conta que fazia faculdade em Niterói, e que uma amiga era adepta da acupuntura e a indicou. ” Na universidade tinha um espaço para esses tratamentos ditos alternativos e eu fui. Antes perguntei se melhoraria as cólicas, e me disseram que sim”, relata.

Nathália diz que apenas com algumas sessões teve melhora significativa, o ciclo menstrual voltou ao normal, e que hoje tem cólicas muito raramente, e mesmo assim de forma discreta. Ela conta que foi aconselhada a mudar também a alimentação e fez um trabalho conjunto, .

“Nas primeiras sessões o fluxo já voltou ao normal. Mas aprendi que alimentação e a acupuntura andam de mãos dadas, inclusive a minha pele melhorou”.

Em outra ocasião, quando teve labirintite, Nathália também recorreu à acupuntura e melhorou logo, mas acha que deveria ter feito por mais tempo, para ter um resultado tão satisfatório como no caso das cólicas.

“Indiquei para muitas pessoas, e continuo indicando. Acupuntura é para tudo. As pessoas falam que é um tratamento alternativo, mas eu diria que deveria ser principal, de tantos benefícios que proporciona”.

 

 

Ultimas Notícias

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi