segunda-feira - 12 de abril de 2021
Jornal Dia a Dia – Notícias do Espirito Santo e do Brasil
Alexandre Ramalho e coronel Douglas Caus durante coletiva por videoconferência. Foto: Hélio Filho/Secom

Alexandre Ramalho: “É partir para cima da criminalidade”

“É partir para cima da criminalidade. Não tem outra receita.” A frase é do novo secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Alexandre Ofranti Ramalho, que tomou posse no cargo no Palácio Anchieta na terça-feira (7). Além dele, houve troca de comando na Polícia Militar: o coronel Douglas Caus substituiu o coronel Márcio Eugênio Sartório à frente da corporação.

Ao lado do governador Renato Casagrande, eles concederam uma entrevista por videoconferência em que destacaram o compromisso de reduzir o número de homicídios no Espírito Santo.

Casagrande afirmou que a expectativa é de uma polícia operacional, visível e dando resultados para a sociedade.

“O trabalho será de muita ação operacional. Temos o programa Estado Presente que vai nos orientar e nosso objetivo principal é reduzir violência, em especial, os homicídios. Nós avançamos muito nesses últimos anos, tivemos momentos de dificuldades, mas tenho certeza que teremos resultado. O convite ao Coronel Ramalho é com base na história dele, de comprometimento e resultados apresentados. Desejo muito boa sorte a ele e ao coronel Caus, que vai comandar a nossa Polícia Militar”, afirmou Casagrande.

Ramalho, Casagrande e Caus durante a transmissão. Foto: Hélio Filho/Secom

Ramalho agradeceu pela oportunidade de assumir a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) e afirmou que pretende entregar um bom resultado à sociedade.

“Temos agora uma missão. Estamos em um momento de números de homicídios elevados e vamos trabalhar. Com entrega, comprometimento e dedicação. É o que estamos nos propondo a fazer. Tenho muito respeito e admiração pelo doutor Roberto Sá e ao coronel Sartório. Agora estamos aqui para servir à sociedade e é o que vamos fazer”, disse Ramalho.

“Precisamos retomar operações pesadas, apreensões de drogas, armas, prender efetivamente quem mereça estar preso, que é o traficante, o homicida. Não temos tempo para esperar”, frisou o secretário.

O comandante Caus destacou que o objetivo é trabalhar com inteligência e também com dados estatísticos.

“Minha expectativa é levar à sociedade capixaba um serviço de prevenção e repressão qualificados, calçado em base estatística, de análise criminal e de inteligência policial. Trabalhando em conjunto com a Polícia Civil, Polícia Federal, Guardas Municipais, Ministério Público, Corpo de Bombeiros Militar e com o Poder Judiciário. Buscando sempre a eficiência em nossa prestação de serviço à comunidade capixaba. Também tenho a grande expectativa de cuidar do nosso policial militar. Valorizando o mesmo e principalmente, recuperando o nosso Hospital da Polícia Militar (HPM) em seus recursos humanos e infraestrutura”, afirmou Caus.

Troca de comando

Durante a manhã de terça aconteceu a cerimônia de troca de comando na PM, realizada no Quartel do Comando-Geral da PMES, solenidade que contou também com a presença de Ramalho.

Após a passagem da espada, o coronel Sartório agradeceu a todo o alto comando pelo apoio e ainda destacou a importância da oportunidade única de liderar a tropa durante os quatro meses que permaneceu no cargo.

Ramalho com os coronéis Caus e Sartório. Foto: Hélio Filho/Secom

“É um momento de satisfação e tranquilidade. Passamos pouco, mas muito intenso tempo, à frente dessa honrada instituição, que fez 185 anos. A mais antiga e fiel desse Estado. Trabalhamos muito ombreados com nossos cerca de oito mil homens. Tenho que agradecer ao alto comando, o melhor que vi em toda minha carreira, que tornou minha difícil vida mais fácil. A decisão sempre foi uníssona e com soma de capacidades. Foi um grande prazer ocupar essa cadeira e ter tido essa responsabilidade. Desejo sucesso ao nosso novo secretário e ao nosso comandante”, declarou Sartório, que é de Cachoeiro de Itapemirim.

O secretário Alexandre Ramalho desejou sorte ao coronel Sartório e boas-vindas ao novo comandante-geral, destacando a importância de ambos na construção de um futuro melhor na segurança pública do Espírito Santo.

“Agradeço ao coronel Sartório pela postura. Ele vai se somar a uma galeria de grandes oficiais escolhidos. Todos foram merecedores e, à sua maneira, deram a contribuição. Nós nos formamos para isso. Saia de cabeça erguida, conte com o nosso apoio e o reconhecimento do grande oficial que é. Você foi fundamental na reconstrução da nossa área da saúde, assim como o coronel Caus, que agora chega ao Comando-Geral. Temos que buscar e replicar motivação. Temos problemas que precisamos corrigir. Vamos mostrar aos nossos policiais que estamos ao lado deles”, frisou Ramalho.

Carregando....

O site do Jornal Dia a Dia ES pode usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Ler mais...

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz
%d blogueiros gostam disto: