José Carlos de Oliveira tinha mais de 40 anos de profissão. Foto: acervo pessoal

Amigos preparam homenagem ao fotógrafo José Carlos de Oliveira

Amigos preparam homenagem ao fotógrafo José Carlos de Oliveira
Alessandro Araujo de Paula

Amigos de Jose Carlos de Oliveira, que morreu nesta quarta-feira (12) vítima da Covid-19, organizam uma homenagem ao fotógrafo antes do enterro, que será realizado no Cemitério Municipal de Alegre, nesta quinta-feira (13), às 9 horas.

A homenagem ocorrerá durante cortejo do corpo de José Carlos, que irá sair às 7h10 do Cemitério Park, do bairro IBC. Serão três paradas breves antes de seguir para Alegre: em frente à sua casa, em frente ao estúdio, a Formacor e no Centro de Cachoeiro.

A família optou por sepultar o corpo de José Carlos em Alegre por ser sua cidade natal e onde vivem os familiares. Não haverá velório, devido sua morte ter sido causada pela Covid. A cerimônia será reservada à família.

Fotógrafo talentoso, José Carlos ficou internado por 13 dias. Segundo familiares, ele lutou bravamente neste período, mas no decorrer da doença foi acometido por pneumonia e não resistiu, morrendo às 12h10, no Hospital Unimed.

José Carlos nasceu em Alegre, no dia 30 de setembro de 1958. Foi nesta cidade que ele ganhou o gosto pela fotografia, depois de receber, aos 14 anos, uma máquina fotográfica de presente de seu pai.

São mais de 40 anos de profissão e com prêmios no Brasil e no exterior. Em seu portfólio há trabalhos registrados na revista National Geografic, em editoriais de moda para revistas e em calendários internacionais, além de publicação de livros, documentários e exposições fotográficas.

José Carlos tinha verdadeira paixão em fotografar a natureza. O flagrante de um raio no céu de Alegre circulou o mundo. Fez uma exposição com imagens de colibris, denominada Acrobáticos e publicou o livro Cotidiano Ilustrado, com coletânea de fotos.

Ultimas Notícias