Fotos: Priscilla Grillo

Amor em Ação e Orquestra Osses reúnem centenas de pessoas no Jaraguá

Amor em Ação e Orquestra Osses reúnem centenas de pessoas no Jaraguá
Amor em Ação e Orquestra Osses reúnem centenas de pessoas no Jaraguá
Alessandro Araujo de Paula

Evento idealizado para ser simples, o projeto Amor em Ação tomou grandes proporções e reuniu centenas de pessoas ao som da música erudita em um ato de solidariedade no Jaraguá Tênis Clube, em Cachoeiro de Itapemirim.

Foto: Priscilla Grillo

“Pensamos em fazer um jantar simples para arrecadar algum recurso para instituições de Cachoeiro. No entanto, aquela ideia inicial acabou se transformando nesse grande evento. Só tenho a agradecer a todos”, explicou o médico e empresário, Fábio Bortolini.

 

 

 

Foto: Priscilla Grillo

Como principal atração da noite, a Orquestra Sinfônica Sul do Espírito Santo (Osses), formado por músicos adolescentes e jovens do projeto Casa Verde, levou o clima do cinema ao palco, com o lançamento do DVD Trilhas de Filme.

“A apresentação teve leveza do dever cumprido. Foram meses e meses de muito estudo que culminaram na gravação do nosso primeiro DVD”, disse o maestro da orquestra, Fábio Coruja.

 

 

Foto: Priscilla Grillo

Gravado com o incentivo da Lei Rubem Braga 2017, o DVD reúne temas de filmes famosos. Ele destacou que o evento de quarta-feira (28) teve também a finalidade de agradecer a todos os envolvidos.

“Como costumamos denominar: nosso sonho coletivo se concretizou. Sentimos que a nossa Orquestra Sinfônica tomou proporções que evadiram os portões da Casa Verde e veio a cada dia se tornando parte da cultura de Cachoeiro. A Osses é nossa”, finalizou.

 

 

Amor em ação

 

 

O projeto Amor em Ação foi realizado por meio do empenho de 36 empresários, que doaram recursos ou cederam tempo de serviço para organizar a festa.

Tudo começou por meio de um projeto com crianças da escola canadense Maple Bear, com o objetivo de desenvolver valores na vida dos alunos, como gentileza, solidariedade e, por fim, a gratidão.

Segundo Fábio, os 400 convites disponíveis foram vendidos e os recursos arrecadados irão ser destinados à Casa Verde, que ensina música erudita de graça ao público infantil e adolescente, e ao abrigo de crianças Aprisco Rei Davi.

 

 

“Particularmente, a escolha das crianças é porque eu acho que podemos mudar alguma coisa na história natural dessas pessoas se tivermos uma intervenção positiva. E quem abraçou essa causa entendeu que é possível melhorar a vida dessas crianças e da sociedade como um todo.

Só tenho a agradecer. É uma causa solidária, apartidária, com todos interessados em doar algo. As coisas começam simples e tomam proporções que a gente não sabe onde vão chegar. Quando é algo verdadeiramente bom, as pessoas acreditam e agregam. É como uma onda”.

Fábio Bortolini empresário e médico

 

“Hoje temos 115 alunos e queremos ampliar, abrir novas turmas, poder consolidar esse trabalho musical de base. Tudo que foi feito até aqui foi possível por conta do trabalho voluntário, das doações que recebemos. É simples, mas feito com muito amor, carinho e dedicação”.

Jovânia Valiati Koppe, voluntária na área musical do projeto Casa Verde

 

 

“Como estou deixando o governo nos próximos dias, quis vir a Cachoeiro como minha última viagem na função de secretário de Estado. Tenho uma enorme admiração pelo trabalho da Casa Verde, feito com pouco dinheiro, muita dificuldade e luta. Eu vim porque sou fã desse projeto e admirador do trabalho da Jovânia.

Acho que a música tem duas funções na vida das crianças. Forma músico e sobretudo dá disciplina, dá pertencimento, sentimento de utilidade e melhora o rendimento escolar. Mais do que formar músicos, estamos formando cidadãos, ajudando pessoas a melhorarem de vida”.

João Gualberto Vasconcellos, secretário de Estado da Cultura

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias
Cultura

A arara azul

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi