A PC apreendeu um revólver com a suspeita. Foto: Polícia Civil

Barulho de escapamento de moto quase provoca morte em Alegre

Barulho de escapamento de moto quase provoca morte em Alegre
Redação Dia a Dia

Uma mulher de 26 anos foi presa em Alegre, na Região do Caparaó, suspeita de participar, junto com o marido, de uma tentativa de homicídio contra o vizinho de 43 anos. O motivo é que o vizinho teria reclamado com o casal sobre o barulho do escapamento da moto dos dois.

A prisão foi efetuada por policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Alegre, em cumprimento ao mandado de prisão, na terça-feira (11), no bairro Clério Moulin.

Na casa da suspeita foram  apreendidos R$ 400, um revólver calibre 32 e 13 munições intactas.

Segundo a polícia, a detida, que estava acompanhada do parceiro, também de 26 anos, teria sido incentivada por ele a participar da tentativa de homicídio a uma vítima de 43 anos, na mesma localidade, no dia 20 de fevereiro de 2021.

Segundo o titular da 6ª Delegacia Regional de Alegre, delegado Ricarte Teixeira, a motivação do delito se deu pelo alto barulho do escapamento da moto.

“O casal chegou em uma moto com o escapamento muito alto. A vítima reclamou alegando que o barulho do escapamento estava tirando o sossego dele. Ambos começaram uma discussão em frente à residência da vítima. Após o término da discussão, o casal voltou à casa da vítima fazendo diversos disparos contra ele, com o propósito de matar”, contou o delegado.

O homem de 26 anos, autor dos disparos, ainda está sendo procurado. Já a detida foi autuada por tentativa de homicídio, sendo encaminhada para o Centro Prisional Feminino de Cachoeiro de Itapemirim (CPFCI), ficando à disposição da Justiça.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias