Jair Bolsonaro, presidente da República. Foto: Alan Santos/PR

Bolsonaro confirma que testou positivo para o novo coronavírus

Bolsonaro confirma que testou positivo para o novo coronavírus
Redação Dia a Dia

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta terça-feira (7), durante entrevista a jornalistas em Brasília, que testou positivo para o novo coronavírus. Ele tem 65 anos e faz parte do grupo de risco da Covid-19. Ao término da coletiva, ele tirou a máscara antes de se afastar e deixar o local.

Bolsonaro já vinha apresentando quadro de febre de 38 graus, dores no corpo, mal-estar e cansaço. Ele disse que está tomando hidroxicloroquina, remédio que vem defendendo como tratamento para a Covid-19, e que agora está se sentindo “perfeitamente bem”. Na segunda-feira (6), o presidente realizou um exame no pulmão que, segundo ele, “estava limpo”.

“Começou domingo (5), com uma certa indisposição, se agravou na segunda-feira, com cansaço, indisposição e febre de 38 graus. O médico da presidência, apontando a contaminação por Covid-19, fui fazer uma tomografia no hospital. Equipe médica decidiu dar hidroxicloroquina e aztromicina. Como acordo muito durante a noite, depois da meia-noite senti uma melhora, às 5 da manhã tomei a segunda dose e estou me sentindo bem”, disse Bolsonaro.

O presidente já havia feito outros testes para Covid-19, todos com resultados negativos.

Bolsonaro informou o resultado de seu exame durante entrevista no Palácio da Alvorada e pediu cuidado aos mais idosos.

“Vamos tomar cuidado, em especial com o mais idosos e que têm comorbidade, os mais jovens tomem cuidado, mas se forem acometidos do vírus, fiquem tranquilos que para vocês a possibilidade de algo mais grave é próximo de zero”, declarou.

Repercussão

O governador Renato Casagrande, que já teve a doença e se recuperou, divulgou uma mensagem no Twitter em que deseja que Bolsonaro reaja bem aos sintomas da Covid-19.

“Desejo que o PR Jair Bolsonaro reaja bem aos sintomas da Covid 19. O virus ja contagiou mais de 11 milhões de pessoas e, infelizmente, levou a mais de 500 mil mortes no mundo. O distanciamento/isolamento social, uso de máscara são as formas mais eficientes de barrar o contágio”, disse Casagrande.

Ex-secretário executivo do Ministério da Saúde na gestão Mandetta e atual secretário executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, o médico João Gabbardo desejou a Bolsonaro um quadro de sintomas leves.

“Nós gostaríamos que o presidente seja um dos 86% das pessoas que tem covid e apresentam sintomas leves. Que possa o mais rápido possível se recuperar e voltar a exercer suas atividades normalmente. Esse é o nosso desejo”, disse Gabbardo.

Desafeto de Bolsonaro, o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, desejou que o presidente se recupere da doença.

“Sobre a informação de que o Presidente testou positivo para Covid19, só cabe desejar a ele plena recuperação”, declarou Moro.

Ultimas Notícias