Cachoeiro amanhece sem ônibus. Motoristas reclamam de salários atrasados

Cachoeiro amanhece sem ônibus. Motoristas reclamam de salários atrasados
Alessandro Araujo de Paula

A população foi pega de surpresa na manhã desta terça-feira (5) em Cachoeiro de Itapemirim. É que os motoristas decidiram cruzar os braços desde a madrugada em protesto pelos salários atrasados e não saíram com os ônibus da garagem do consórcio Novotrans.

Agora, por volta de 7h40, a diretoria da empresa disse que os ônibus voltaram a funcionar.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Motoristas de Cachoeiro, Elias Brito Spoladore, a paralisação foi uma medida dos motoristas em função de quase três meses de salários atrasados.

Ele explicou que já completou dois meses de salários em atraso e que no quinto dia útil, que vai cair na sexta-feira (8), os funcionários completarão três meses sem pagamento.

“Podemos dizer que em média são dois salários e meio, se contarmos o vale que deveria ser pago no dia 20”, explicou.

Vídeo divulgado nas redes sociais mostra os ônibus parados no pátio da empresa e motoristas e cobradores do lado de fora. Um dos veículos foi estacionado em frente ao portão de entrada da garagem, impedindo os demais de sair.