Faixa elevada na avenida Beira Rio. Foto: PMCI

Cachoeiro instala faixas elevadas na Beira Rio para reduzir atropelamentos

Cachoeiro instala faixas elevadas na Beira Rio para reduzir atropelamentos
Cachoeiro instala faixas elevadas na Beira Rio para reduzir atropelamentos
Redação Dia a Dia

Faixas elevadas para travessia de pedestres na avenida Beira Rio estão sendo instaladas pela Prefeitura de Cachoeiro. O objetivo, segundo informou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Semdurb), é garantir mais segurança em pontos onde são altos os índices de atropelamentos, além de melhorar as condições de acessibilidade e mobilidade na região.

A primeira faixa está sendo implantada em frente ao trecho do calçadão onde foi construída, recentemente, uma rampa para facilitar o acesso de pessoas com mobilidade reduzida. A previsão é de que a intervenção seja concluída até esta sexta, com a devida sinalização.

Em seguida, será iniciada a instalação de outra faixa na altura da cabeceira da ponte de pedestres Rosalina Depoli e da entrada da rua Lourival Sales. No local, são registradas, frequentemente, ocorrências de atropelamento, inclusive, com vítimas fatais.

“A faixa elevada é um recurso para induzir a redução da velocidade dos veículos; uma medida de moderação do tráfego – traffic calming, no exterior – que contribui para que o uso compartilhado da via pública seja feito de forma segura para todos, principalmente, para o pedestre, que é o elo mais frágil no sistema de trânsito”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Jonei Petri.

Abrigo de ônibus

Outro trecho da Beira Rio que receberá faixa elevada, futuramente, é o que fica em frente à praça de Fátima, próximo ao ponto de parada de ônibus. A intervenção no local, no entanto, está associada à realocação do abrigo de passageiros, a ser feita nos próximos meses.

“Todas essas intervenções fazem parte de um amplo projeto de requalificação da área central de Cachoeiro, que dialoga com o Plano Municipal de Mobilidade Urbana. São ações muito abrangentes, que passam por tratamento das calçadas; melhorias na acessibilidade e nos pontos de ônibus; resolução de pontos de conflito no trânsito; implantação de circuito cicloviário; entre outras medidas importantes para a qualidade de vida da população”, salienta Petri.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias