Cachoeiro tem o desenvolvimento acelerado com a implantação das ferrovias

Cachoeiro tem o desenvolvimento acelerado com a implantação das ferrovias
Redação Dia a Dia

Continuamos a nossa entrevista com o historiador Gilson de Souza Eleutério, que pesquisa a história das cidades cortadas pelos trilhos ferroviários, nesse momento especialmente no  Espírito Santo.

Em nossa matéria, ele fala da implantação das ferrovias em Cachoeiro de Itapemirim e na região sul do Estado.

Gilson conta que o transporte sobre trilhos foi possível após pressão dos grandes produtores de café da região, sabedores de que as ferrovias já haviam sido implantadas no Rio de Janeiro e em Minas Gerais.

Insatisfeitos com as estradas da época, que muitas vezes, em períodos chuvosos, ficavam intransitáveis e impediam o escoamento da produção, causando muitos prejuízos, eles se mobilizaram para conquistar esse meio de transporte que se anunciava como a melhor e mais eficiente opção.

O historiador informa que a primeira ferrovia do Espírito Santo foi inaugurada em Cachoeiro de Itapemirim no dia 16 de setembro de 1887.

A empresa era a Companhia de Navegação e Estrada de Ferro Espírito Santo e Caravelas e a estação era onde hoje é a Prefeitura Municipal.

O girador de locomotivas era onde está o chafariz na Praça Jerônimo Monteiro, no Centro da Cidade e o trem saia de Cachoeiro e passava  por Matosinhos ( hoje Coutinho), Valla de Souza (hoje Jerônimo Monteiro) e chegava até Pombal (hoje Rive).

Nessa época foi construído também um ramal de Matosinho até Castelo, com 21 km de extensão. De  Cachoeiro à Rive eram percorridos  50km.

 

Outro fato histórico que Gilson faz questão de destacar é a presença do presidente Nilo Peçanha e do governador do Estado em Cachoeiro em 1910 para a inauguração da ligação férrea Vitória x Cachoeiro.

Gilson destaca que com esta ligação, Vitória começou a se desenvolver mais rapidamente, pois o transporte de cargas foi proibido de seguir para Itapemirim.

“Também em 1910 foi inaugurada a usina hidrelétrica de Fruteiras. Com mais energia, começaram a surgir indústrias em Cachoeiro”, complementa Gilson.

Entre 1915 e 1920, enfatiza o historiador, Cachoeiro teve ligação férrea com Marataízes, passando por Itapemirim. No verão saiam quatro carros de passageiros por dia para o Litoral.

 

SAIBA MAIS

Na inauguração da primeira ferrovia os matérias rodantes eram:

– Três Locomotivas Baldwin de 3 eixos conjugados, tendo 27 toneladas, um carro de luxo para passageiros, dois carros mistos, dois carros de segunda classe , dois carros de correios e bagagem e 18 vagões fechados de mercadorias;

– Possuia também um vagão fechado para material explosivo, um vagão para animais, dois vagões para madeiras e seis vagões de lastro

 

 

 

Ultimas Notícias