Foto ilustrativa: Pixabay

Cachoeiro, Vargem Alta e Iúna também cancelam o Carnaval

Cachoeiro, Vargem Alta e Iúna também cancelam o Carnaval

As prefeituras de Cachoeiro de Itapemirim, Vargem Alta e Iúna, no Sul e Caparaó do Espírito Santo, decidiram também cancelar o Carnaval após as chuvas das últimas semanas. As administrações informaram que pretendem usar os recursos para reconstruir os municípios.

Outras prefeituras também anunciaram a mesma medida, como Dores do Rio Preto, Iconha, Alfredo Chaves e Castelo.

Leia mais: Iconha, Castelo e Alfredo Chaves cancelam o Carnaval

O prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, comunicou a decisão em suas redes sociais.

“Devido ao difícil momento que enfrentamos, decidimos cancelar o Carnaval de 2020. Lamentamos pelas agremiações que, com certeza, nos proporcionariam momentos de alegria, mas em respeito ao nosso povo que sofre por perdas em suas residências e comércios, vamos direcionar toda a verba que seria utilizada no evento – pouco mais de R$ 400 mil – investindo em Sistema de Monitoramento de Desastres Naturais, que irá municiar nossa Defesa Civil com informações mais precisas para o trabalho preventivo”, afirma.

A programação seria realizada entre os dias 22 e 25 de fevereiro, na Praça de Fátima, que sofreu diversos danos com a inundação.

“Sabemos dos esforços das agremiações carnavalescas e do envolvimento de todos no resgate dessa tradição tão importante da nossa cultura. Tivemos um Carnaval brilhante no ano passado e temos a certeza de que estamos no caminho certo para os próximos anos. Agora, precisamos nos unir e focar na reconstrução de nossa cidade”, salienta a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

Acolhimento

A Prefeitura de Iúna informou que reverterá o recurso financeiro de R$ 50 mil, que seria destinado ao Carnaval 2020 Todos os Ritmos, Todas as Cores, em prol de ações para acolhimento social e serviços necessários à reconstrução do município.

A Prefeitura de Vargem Alta também cancelou a programação de Carnaval deste ano e informou que a prioridade é cuidar da normalização da situação no município, que está sob vigência do decreto estadual de calamidade pública, assim como Iconha, Alfredo Chaves e Rio Novo do Sul.

Segundo a secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de Vargem Alta, a programação estava completa e em processo de contratação das estruturas.

“O Carnaval de Vargem Alta é o nosso principal evento turístico. No ano de 2020 estaríamos retomando toda essa tradição: blocos de rua, matinês, palco principal na Praça Alberto do Carmo, pagode no Bicão, entre outras atrações”, afirma a secretária da pasta, Joelma Fávero.

A secretária explica o motivo do cancelamento: “Nosso objetivo agora é organizar nossa cidade, limpar, apoiar nossa população, nossos servidores também foram afetados, nossos imóveis públicos. Inclusive a sede da Secretaria de Turismo foi devastada, perdemos todo nosso equipamento de sonorização de pequeno e médio porte, computadores, mesas, material de expediente, material de limpeza, gêneros alimentícios, geladeira, a mesa e a estrutura do ginásio municipal foi danificada. Perdemos praticamente tudo. É muito triste ver tudo que construímos com amor e respeito ir embora desta forma”.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz