Cafeicultora de Vargem Alta é classificada em concurso nacional de café especial

Cafeicultora de Vargem Alta é classificada em concurso nacional de café especial
Cafeicultora de Vargem Alta é classificada em concurso nacional de café especial
Redação Dia a Dia

A cafeicultora Margarete Pizzol, da comunidade de Taquarussu, em Vargem Alta, foi classificada entre 20 melhores amostras do país para a etapa final da 4ª Edição do Concurso Florada, organizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais, em conjunto com a empresa 3 Corações S.A, exclusivamente para mulheres.

Recentemente, seu esposo, Ronis Pasti, foi classificado para a fase internacional do Cup of Excellence, o principal concurso de qualidade do grão do mundo.

Margarete conta que a família trabalha com café especial desde 2005, aproveitando a altitude da região onde mora, que é acima de 1.000 metros, para plantação do grão especial, produzindo a variedade catuaí vermelho.

Segundo a produtora rural, ao tomar conhecimento do concurso Florada Premiada, achou o projeto muito interessante, pois tem por objetivo valorizar as mulheres cafeicultoras, já que desempenham um papel fundamental na produção, em especial, no café de qualidade, que exige delicadeza e carinho.

“Esse é o primeiro ano que participo, em sua quarta edição, e ficar entre as 20 finalistas é uma grande alegria. É necessário trabalhar com esperança, procurando obter melhores resultados a partir da troca de experiências, especialmente através da união entre as pessoas, onde cada parte contribui para o crescimento de todos”, destaca.

Margarete ressalta que é preciso ter fé, acreditar que não estamos sozinhos e perceber a presença e a graça de Deus em cada um. “E trabalhar com amor, que é a nossa força e que nos move”, enfatizou.

O município também teve duas representantes, além de Margarete, que se classificaram para a etapa de vendas, ficando entre as 100 amostras, o que garante a compra para os melhores lotes apresentados no concurso.

São Anilda Scheneider Magri dos Santos e Doraci Francisco de Paula Pastisîtio, ambas também da comunidade de Taquarussu, e que utilizam o processo de via úmida.

Serão premiados os três melhores lotes de cada categoria. Além disso, haverá a garantia de compra para os melhores 100 (cem) lotes apresentados no concurso que obtiverem a nota mínima de 84 pontos.

A primeira colocada receberá a quantia de R$ 25.000,00 (Vinte e Cinco mil reais), mais uma missão técnica de sete dias à Colômbia com direito a um acompanhante; a segunda colocada R$ 15.000,00 (Quinze mil reais) e; a terceira colocada R$ 10.000,00 (Dez mil reais).

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias