Campeão ensina ciclistas a serem os melhores, dentro e fora das competições

Campeão ensina ciclistas a serem os melhores, dentro e fora das competições
Redação Dia a Dia

O ciclista Alexandre Cardoso, 45 anos, o maior campeão de ciclismo que Cachoeiro já conheceu, há algum tempo dedica-se a outra atividade além dos treinos e competições pelo estado e país afora.

Ele, que é um dos atletas de maior rendimento e alta performance do Espírito Santo e do país, alia a dura rotina dos treinos e preparo para as competições com o ensino da prática para quem queira pedalar por hobby ou com fins esportivos.

As aulas custam R$ 50 cada, e o pacote mensal com duas aulas semanais custa R$ 300, informa o atleta-professor. Dependendo do que o aluno quer, esse custo pode subir, adverte.

“É importante dizer que o aluno vai evoluir em um mês o que levaria anos para aprender sozinho. Ele aprende de tudo. Desde como fazer um simples remendo até como ser campeão”, afirma, sem falsa modéstia.

Diz que além de poder ensinar o que aprendeu e praticou nos últimos 30 anos, também é uma forma de melhorar a renda e ajudar a participar das competições.

“Os custos para participação em muitos eventos infelizmente estão além das minhas possibilidades financeiras. Por isso as aulas, e o apoio dos amigos, é muito importante”, ressalta.

Alexandre tem entre seus alunos outros competidores, mas também pessoas que querem apenas pedalar, por hobby, de forma segura.

É o caso da médica Lia Cecon, de 40 anos. Ela conta que o ciclismo sempre foi um esporte que a interessou por ajudar no fortalecimento muscular, mas que pedalava de forma amadora.

Lia não pretende competir, mas quer pedalar de forma segura

Lia destaca que Alexandre Cardoso é um profissional excelente e a fez ver a diferença de pedalar com técnica e segurança.

“Não tenho interesse em competição, mas sim em praticar o ciclismo de forma correta e segura e aprender com um bom profissional”.

Ela diz que com o novo professor, aprendeu a forma técnica e correta, bem como a lidar com a bicicleta, a subir e descer morro, a agir em situações de perigo, a saber o que fazer se o pneu furar.

“Fiquei muito feliz de estar com um profissional tão qualificado e correto como o Alexandre. Fez muita diferença para mim”, pontua.

 

Alto rendimento

Outra aluna do ciclista cachoeirense, e a única de fora de Cachoeiro, é Fania Chambella, 43 anos, “personal bronze” (que trabalha com bronzeamento artificial), competidora que quis se aperfeiçoar com um ícone do esporte, como faz questão de destacar.

Fania já venceu provas e é a única aluna de fora de Cachoeiro

 

Mesmo morando em Espera Feliz, MG, segue uma planilha específica monitorada com aplicativo virtual. “O conhecimento e a experiência dele fazem todo o diferencial e eu treino com ele porque a capacitação dele garante meus resultados com treinos específicos”, enfatiza Fania.

A farmacêutica Juliana David Antunes, de 36 anos, começou as aulas com Cardoso em julho de 2020. Diz que quando começou a pandemia, sentiu a necessidade de praticar algum esporte.

Juliana conta que quando começou a pedalar não tinha noção de nada

 

Juliana conta que engordou e estava muito sedentária e por isso no início da pandemia comprou uma bicicleta e começou a pedalar sem noção de nada.

“Quando comecei a gostar e perceber que seria de grande importância para minha saúde, resolvi procurar um profissional que pudesse me auxiliar. Foi aí que conheci o Alexandre e comecei a fazer as aulas .Com a alimentação e as aulas emagreci 15 quilos”, relata .

A agora atleta da Equipe Costelo conta que foi evoluindo, investiu em uma bicicleta melhor e esse ano já começou a competir. “Já tive até pódio”.

O professor Everson Scherrer Borges, de 43 anos, que participa de competições de Speed e MTB, é outro que aperfeiçoa suas técnicas com o atleta cachoeirense de alta performance.

 

Everson treina com Alexandre Cardoso desde 2016

Segundo ele, começou a ter aulas com o atleta-professor em 2016 e a já a partir de 2017 começou a competir, momento em que se tornaram amigos.

“Com as orientações do Alexandre Cardoso alcancei vários títulos. Os principais foram o Campeonato Estadual de Ciclismo de Estrada – Modalidade Resistência em 2020, e  3ª colocação no Campeonato Estadual de Ciclismo 2020. Fui também campeão da Copa Capixaba de MTB categoria over 40 (2018 e 2020), e 4º Colocado no Iron Bike, em dupla com o Alexandre em 2018”.

Fábio Fontana Chicon, de 47 anos, comerciante, é outro treinado por Alexandre Cardoso, mesmo sendo um atleta profissional que já participa de campeonatos e competições.

Fábio é competidor, mas treina com o atleta-professor cachoeirense

“Já era fã do Alexandre e agora sou aluno dele. Ele é diferente, um atleta dedicado e pai de família”, ressalta.

 

Ultimas Notícias