Centro Pop (Foto: PMCI)

Centro Pop realiza cerca de 237 atendimentos a pessoas em situação de rua

Centro Pop realiza cerca de 237 atendimentos a pessoas em situação de rua
Centro Pop (Foto: PMCI)

O “Espaço Vida”, Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop) de Cachoeiro de Itapemirim, tem realizado, em média, 237 atendimentos mensais durante a pandemia de Covid-19. Por atendimentos, não se pode entender como sinônimo de número de pessoas atendidas, tendo em vista que uma mesma pessoa pode precisar ser atendida mais de uma vez.

O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. A unidade, localizada na rua Deodoro da Fonseca, nº 98, no bairro Independência, é um ponto de apoio para pessoas que, conforme a Política Nacional para a População em Situação de Rua, vivem em espaços públicos por pobreza extrema, por vínculos familiares fragilizados ou rompidos e por não terem moradia convencional regular.

Com o Centro Pop, a pessoa em situação de rua, em Cachoeiro, pode ter acesso a espaço para higienização; lavagem e secagem de roupas; alimentação e banho, além de atendimento por equipe técnica especializada.

Além dos atendimentos, foi realizado, de março a novembro, uma média mensal de 18 abordagens sociais nas ruas e 21 encaminhamentos para casas de passagem. Também já foram concedidas 41 passagens de ônibus para reinserção familiar em outro município ou estado, uma média de 5 por mês nesse período.

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), durante a pandemia, pessoas em situação de rua que se dirigem até o local com sintomas gripais são encaminhadas para o Centro de Saúde “Paulo Pereira” (PPG). Em seguida, havendo necessidade do isolamento, o Centro Pop disponibiliza um abrigo temporário para os que precisam desse auxílio. Até a última quarta-feira (16), foram 28 pessoas abrigadas e apenas três testaram positivo.

Oficinas

No Espaço Vida, os assistidos têm acesso a atendimentos individuais e coletivos com assistente social, psicólogo, terapeuta ocupacional e pedagogo, além de espaços para alimentação, higiene pessoal, limpeza de roupas e guarda de pertences.

Oficinas e atividades de convívio e socialização foram interrompidas devido à pandemia, mas voltarão a ser realizadas assim que possível.

O serviço pode ser acessado de forma espontânea, por encaminhamento do Serviço Especializado em Abordagem Social; por outros serviços da assistência social ou de política pública, ou por órgãos do Sistema Judiciário.

Para pernoite, os usuários do serviço são encaminhados para a Casa de Passagem “Santa Tereza de Calcutá”, mantida pela Cáritas Diocesana, com apoio da Semdes, que fica no bairro Marbrasa.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi