DiaaDiaES.com.br
Foto: Sesa

Chuvas fortes acendem alerta para criadouros do mosquito da dengue

Os últimos dias de chuvas fortes em boa parte do Estado acenderam um alerta entre os serviços de saúde: o de um possível aumento no número de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Responsável pela transmissão de doenças, a fêmea do mosquito deposita seus ovos nas bordas dos recipientes com água parada. A incidência de altas temperaturas combinada com o contato com a água fazem os ovos eclodirem, permitindo que a espécie de prolifere.

Para evitar a proliferação das doenças, é preciso que ações simples de limpeza sejam realizadas semanalmente como: limpar o quintal, colocar garrafas vazias de cabeça para baixo, vedar bem as caixas d’água e eliminar o lixo em locais adequados. Com isso, o ciclo de reprodução do mosquito é interrompido e evita o aumento de casos no Estado.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) na última quinta-feira (18), o Espírito Santo registrou entre os dias 3 de janeiro e 13 de fevereiro 1.011 casos de dengue, 392 casos de chikungunya e 132 casos de zika vírus.

Carregando....

O site do Jornal Dia a Dia ES pode usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Ler mais...

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

%d blogueiros gostam disto: