Foto: Alessandro de Paula

Com salários atrasados, motoristas de Cachoeiro param ônibus nesta segunda

Com salários atrasados, motoristas de Cachoeiro param ônibus nesta segunda
Redação Dia a Dia

Esta segunda-feira (25) começou difícil para usuários de transporte público de Cachoeiro de Itapemirim. Com salários atrasados, os funcionários do Consórcio Novotrans cruzaram os braços e não saíram com os ônibus.

A movimentação, segundo o Sindimotoristas, teve início às 4 horas e até às 10h40 os ônibus continuavam parados. Os funcionários afirmam que estão com quase três meses de salários atrasados.

A empresa, no entanto, alega que pagou 40% do salário de março e que portanto está em atraso o saldo restante de março e o mês de abril. Quanto ao salário de maio, a empresa tem até o quinto dia útil do mês de junho para quitar.

O diretor financeiro do Sindimotoristas, Sérgio Santos de Almeida, defendeu que é válido o movimento dos funcionários e a insatisfação com atraso dos salários, mas esclareceu que a paralisação não tem a participação do sindicato.

“Toda a participação do sindicato é gerada dentro da lei, inclusive comunicando a sociedade sobre o que poderá acontecer e com antecipação”, disse o sindicalista.

O vereador Antônio Geraldo chegou à garagem da Viação Flecha Branca, uma das empresas do Consórcio Novotrans, nas primeiras horas do dia, acompanhado de assessores, buscando negociação com a empresa.

A direção da empresa encaminhou nota oficial para a imprensa informando que o movimento foi realizado “de forma ilegal, infringindo determinação legal de que a toda paralização de serviço essencial tem que ser avisada com determinado tempo de antecedência, bem como manter um percentual mínimo em operação”.

A empresa ainda reforça haver movimento político por traz da movimentação. “É estranho e lamentável que a representação deste movimento está sendo política com interesses escusos”, afirmou.

Ultimas Notícias
%d blogueiros gostam disto: