Foto: Canal Ciências Criminais

Comerciante de Cachoeiro foge após denúncia de assediar criança de 2 anos

Comerciante de Cachoeiro foge após denúncia de assediar criança de 2 anos
Comerciante de Cachoeiro foge após denúncia de assediar criança de 2 anos
Alessandro Araujo de Paula

Um comerciante de Cachoeiro de Itapemirim teria fugido após ser acusado de assediar sexualmente uma criança de dois anos que entrou em seu bar.

O fato ocorreu na tarde deste domingo (26). O nome do comércio e o bairro onde ocorreu o fato não serão divulgados para preservar a imagem da criança.

O pai, de 30 anos, relatou aos agentes da Guarda Municipal que pediu à filha de dois anos e 11 meses para ir ao bar comprar um maço de cigarros.

Ele relatou que estava na rua, com a esposa e filha e já desconfiava do comerciante. Então, seguiu a criança até o bar e flagrou o suspeito com seu órgão genital fora da calça e pedindo para a menina pegar.

O pai gritou com o dono do bar. A mulher disse que, temendo o pior, levou o marido, que estava alcoolizado, para dentro de casa e acionou a polícia.

Os guardas municipais ouviram a menina que teria relatado: “ele tirou o … e mandou eu pegar”.

Em seguida, a equipe foi ao bar com a mãe da menina, mas não localizou o suspeito. A família do comerciante relatou que ele fugiu de carro.

A Guarda Municipal orientou a família da criança a procurar a delegacia e representar contra o suspeito.

Ultimas Notícias
mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi