Conheça o segundo maior navio da Marinha que está na orla de Itapemirim

Conheça o segundo maior navio da Marinha que está na orla de Itapemirim
Conheça o segundo maior navio da Marinha que está na orla de Itapemirim
Alessandro Araujo de Paula

Os dois maiores navios em atividade da Marinha do Brasil estão parados na orla de Itapemirim para manobras militares, o Porta-Helicópteros Multipropósito (PHS) Atlântico e o Navio Doca Multipropósito (NDM) Bahia.

O imediato do navio Bahia, Daniel Dahes Rodrigues, acompanhou a equipe de jornalistas

A reportagem do Dia a Dia foi convidada a conhecer um deles, o NDM Bahia, que é o segundo do país, com 168 metros de comprimento, onde está o comando central da Operação Dragão 2018 que envolve cerca de 2 mil fuzileiros navais em terra e no mar.

Esse ano, a Dragão está inserida dentro da Operação Atlântico V, coordenada pelo Ministério da Defesa, que é mais ampla e envolve ainda tropas do Exército e da Força Aérea Brasileira (FAB).

Apesar de participar das manobras militares, o Navio PHS Atlântico, que é o maior do país, não está em operação plena. Outra grande embarcação é o Porta-Aviões São Paulo, porém, ele está desativado.

Junto com repórteres de mídias especializadas, a reportagem do Dia a Dia seguiu para o NDM Bahia no helicóptero Pegasus 7101 da Marinha, com capacidade para 27 passageiros e quatro tripulantes.

 

Foto: Alessandro de Paula

Com 168 metros de comprimento, o navio é considerado um dos mais importantes da Marinha, possuindo um complexo hospitalar com 49 leitos e com capacidade para atender 100 pessoas por dia.

 

Foto: Alessandro de Paula

O navio, adquirido da França em 2016, navega normalmente com 300 tripulantes a bordo, mas nesta operação está com 660 militares embarcados. O restaurante é confortável e a alimentação balanceada e saborosa.

 

Foto: Alessandro de Paula

O Navio Bahia também tem capacidade para pouso e decolagens de helicópteros.

 

Foto: Alessandro de Paula

Outra tarefa muito importante do navio é a capacidade de transportar outras embarcações e Clanfs. As embarcações entram por um compartimento no meio do navio que é inundado intencionalmente com um volume de água que varia de acordo com o porte.

 

Foto: Alessandro de Paula

Todo o sistema de lastro – água lançada ou retirada do compartimento para permitir a entrada ou saída das outras embarcações ou dos Clanfs – é operado por uma equipe na sala de controle.

 

A operação Dragão 2018 teve início na última terça-feira (6) e segue até quarta (14).

 

Ultimas Notícias
mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi