Foto: Prefeitura de Guaçuí

Criança de um ano, supostamente vítima de espancamento, morre em Guaçuí

Criança de um ano, supostamente vítima de espancamento, morre em Guaçuí
Criança de um ano, supostamente vítima de espancamento, morre em Guaçuí
Redação Dia a Dia

Uma criança de um ano que estava sob a guarda de sua avó materna após denúncias de maus tratos por parte de sua mãe, deu entrada no Pronto Socorro (PS) de Guaçuí na tarde de quinta-feira (04) sem sinais vitais.

Segundo informações da bisavó da menina, de 62 anos, a bebê já havia sido levada pela mãe, que tem 15 anos e está grávida do segundo filho,  ao mesmo PS no dia 27 de outubro com sinais de espancamento e muitas dores.

Policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar contam que a criança chegou a ser transferida para o Hospital Infantil Francisco de Assis(Hifa) de Cachoeiro de Itapemirim, e foi assistida pelo Conselho Tutelar, que acompanhou todo o desenrolar do caso.

A mãe da criança,  de 15 anos, grávida do segundo filho, acompanhou a filha ao Hifa, mas precisou ser internada porque entrou em trabalho de parto.

A criança recebeu alta no dia 1º de novembro e ficou então sob a guarda provisória da bisavó, que observou nesta quinta-feira que a menina estava bem debilitada.

Por esse motivo a bisavó a levou para atendimento médico numa clínica, onde seu estado piorou, momento em que foi levada ao PS, onde já teria chegado morta.

A mãe da bebê ainda encontra-se internada. A família foi orientada sobre os procedimentos legais para encaminhamento do corpo da bebê ao Serviço Médico Legal (SML).  O caso foi encaminhado à 6ª Delegacia Regional de Alegre para as medidas cabíveis.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias