Deic identifica três homens que participaram de assalto e morte de Marone Bicalho

Deic identifica três homens que participaram de assalto e morte de Marone Bicalho
Deic identifica três homens que participaram de assalto e morte de  Marone Bicalho
Redação Dia a Dia

A Delegacia Especializada em Crimes contra o Patrimônio (Deic) identificou os assassinos do empresário Marone Bicalho, 41 anos, morto no dia 29 de outubro, que foi morto com um tiro no rosto em frente a um bar no bairro Aeroporto. A operação foi denominada “Caminho para o Mar”. Os mandados de busca foram cumpridos na manhã desta sexta-feira (12).

O delegado titular da Deic Rafael Amaral diz que a Polícia Civil chegou à autoria, identificando os autores e o veículo utilizado no crime, um Pálio branco de duas portas, após quinze dias de intensa investigação de quatro investigadores destacados especificamente para os trabalhos.

A PC-ES concluiu que três homens participaram da ação criminosa, sendo um responsável pela direção do veículo e os demais pela abordagem às vítimas, que no caso foram um proprietário do bar e Marone, de quem foi roubado o aparelho celular enquanto ele trocava mensagem de whatsapp com a mulher.  Ele levou um tiro à queima-roupa e faleceu ainda no local.

Segundo o delegado, foi representado pela prisão temporária dos investigados, além de mandados de busca e apreensão domiciliar, mas, por enquanto, apenas a busca domiciliar foi autorizada pelo poder judiciário.

Os envolvidos no crime, segundo os investigadores, ao saberem que foram identificados e estavam sendo procurados pela polícia, fugiram para outro município.

O delegado informa que os investigados responderão por crime de roubo, personificado no artigo 157, § 3º, inciso II, o denominado Latrocínio, que nada mais do que “matar para roubar”, cuja pena pode chegar a trinta (30) anos.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias