20 de abril de 2021 16h55

Donos de bares protestam nesta segunda-feira em Cachoeiro

Donos de bares de restaurantes de Cachoeiro de Itapemirim, que estão há mais de 100 dias impossibilitados de trabalhar por conta das medidas restritivas impostas a eles durante pandemia de coronavírus, prometem ir às ruas nesta segunda-feira (6), a partir das 16h, na Praça Jerônimo Monteiro.

Eles alegam estarem sofrendo tratamento diferenciado dos demais setores da economia, que puderam voltar a exercer suas atividades seguindo protocolos sanitários.

A Prefeitura de Cachoeiro segue orientações do governo do Estado. Pelo menos até o final de julho, a orientação é para que os estabelecimentos não voltem a funcionar em todo o Espírito Santo.

Comerciantes e proprietários de bares e restaurantes com funcionamento noturno divulgaram nas redes sociais um documento intitulado “Pedido de socorro”, encaminhado ao prefeito Victor Coelho e ao governador Renato Casagrande, em que pedem a reabertura dos estabelecimentos.

Confira a íntegra do documento

“Pedido de socorro
Comerciantes e proprietários de bares e restaurantes com funcionamento noturno estão precisando da sua ajuda

Exmo. senhor governador do Estado do Espírito Santo
Exmo. senhor prefeito municipal de Cachoeiro de Itapemirim

Nós, proprietários de bares e restaurantes que funcionam no horário noturno solicitamos ao prefeito municipal e algo governo do Estado que tratem todos os comerciantes de forma igualitária, pois os seus proprietários, funcionários e familiares estão passando necessidades.
Convocamos a todos que apoiam a nossa causa a se manifestarem em favor da abertura dos bares e restaurantes que funcionam no horário noturno.
Necessitamos trabalhar, e pleiteamos tratamento igualitário, ou seja, funcionar pelo período de 6 horas, como já é feito em outros lugares.
Precisamos abrir nossos comércios, precisamos voltar a dar dignidade às nossas famílias e aos nossos negócios, temos compromissos financeiros. Ainda temos sobre nossas responsabilidades nossos funcionários e suas famílias.
Senhor prefeito, senhor governador, abram o diálogo, ouçam nosso manifesto, pensem em uma solução. O Decreto Municipal 29.560 de 29 de junho de 2020 traz nova redação ao artigo 17 do Decreto 29.480 de 24 de maio de 2020. O decreto atual diz que os bares podem funcionar caso haja normas sanitárias disciplinando a atividade.
Pois sim, estamos aguardando as normas e queremos participar da elaboração do plano de abertura.
Somos cumpridores de nossas obrigações com o fisco, com a vigilância sanitária, entre outras exigências que são feitas para nossa abertura, temos alvará de funcionamento, pagamos impostos. Enfim, somos regularizados, e queremos cumprir a lei. Queremos que o Estado normatize nosso funcionamento para que possamos atender os nossos clientes com todo o cuidado exigido para a proteção contra a Covid-19. Zelaremos também pela saúde dos nossos funcionários e clientes.
O decreto que determina o fechamento absoluto da nossa atividade trouxe humilhação e fere nossa dignidade. Não somos criminosos!
Os gestores não podem continuar de olhos fechados para a atividade de bares e restaurantes noturnos, sob pena de serem os responsáveis pela morte dessas empresas.

Cachoeiro de Itapemirim, ES, 3 de julho de 2020”

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz