“É um crime provocado pela intolerância”, alerta delegado

“É um crime provocado pela intolerância”, alerta delegado

Um novo vídeo do assassinato do motorista ocorrido no domingo em frente ao Posto Sena, em Cachoeiro de Itapemirim, mostra o extremo da violência no trânsito.

As cenas retratam o descontrole que acabou gerando a morte do técnico em refrigeração Leonardo Caetano Dorigo, 38, o Léo Monza.

Para o delegado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Felipe Vivas, as conclusões apontam que foi um crime causado pela intolerância no trânsito: “Todos eles se divertiram ao longo do dia. Não era para ter ocorrido isso. O pessoal está muito nervoso”.

A imagem mostra que o motorista do Monza estava visivelmente nervoso e deu uma fechada no Honda Civic. Ele fez um contorno na pista, na contramão e por pouco não foi atingido por outro carro que vinha atrás.

A partir dali, a situação sai do controle. O vídeo registra o acusado saindo do Honda Civic atravessando a pista a pé e correndo atrás do Monza. Léo foi esfaqueado e morreu dentro do carro.

O acusado foi preso por homicídio e conduzido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz