Eleitores de Cachoeiro devem fazer recadastramento biométrico a partir de setembro

Eleitores de Cachoeiro devem fazer recadastramento biométrico a partir de setembro

A partir do dia 18 de setembro, os eleitores de Cachoeiro de Itapemirim devem providenciar o recadastramento biométrico obrigatório. O procedimento é feito na unidade de Justiça Eleitoral do município e as pessoas devem comparecer ao local portando documento oficial com foto, título de eleitor (se tiver) e comprovante de residência recente para fazer a biometria.

A cidade de Cachoeiro tem aproximadamente 137 mil votantes e cerca de 33.598 pessoas já realizaram o cadastramento de forma voluntária nos cartórios. Os eleitores que já possuem a expressão “Identificação Biométrica” no canto superior direito do título de eleitor, não precisam comparecer à convocação.

O eleitor que não se apresentar terá o título cancelado. Além disso, não votar nem justificar ausência pode gerar restrições, como a impossibilidade de obter a certidão de quitação eleitoral, renovar passaporte e tomar posse em cargo público.

O objetivo do cadastramento é tornar ainda mais segura a identificação do eleitor na hora do voto. Quem não é obrigado a votar – pessoas com mais de 70 anos de idade, analfabetos e maiores de 16 e menores de 18 anos – mas, ainda assim, quer participar das próximas eleições deve fazer o cadastramento.

Além de Cachoeiro de Itapemirim, a cidade de Colatina, no Noroeste capixaba, também vai iniciar o processo de recadastramento biométrico. No Espírito Santo, 1.332.404 dos eleitores (48,36%) já fizeram o recadastramento biométrico. 38 municípios do Estado foram revisados em sua totalidade.

O que é a biometria?

A biometria é uma tecnologia empregada pela Justiça Eleitoral que permite identificar o cidadão, de modo seguro e eficaz, por meio das impressões digitais, da fotografia e de sua assinatura. No momento da votação, o reconhecimento das digitais ocorre por meio de leitor biométrico acoplado ao terminal do mesário. As digitais são únicas em cada indivíduo, o que oferece a garantia de que quem está votando é realmente o titular do voto.

Além disso, o sistema AFIS (Automated Fingerprint Identification System), adotado pela Justiça Eleitoral, afasta situações de duplicidade ou multiplicidade de inscrições no cadastro eleitoral.

Ultimas Notícias

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi