Enterro de Zé Nanico será no Cemitério do Coronel Borges às 12h

Enterro de Zé Nanico será no Cemitério do Coronel Borges às 12h
Enterro de Zé Nanico será no Cemitério do Coronel Borges às 12h
Redação Dia a Dia

José Geraldo de Azevedo, o Zé Nanico, um dos locutores mais famosos e populares dos áureos tempo da Rádio Cachoeiro, morreu nesta segunda-feira aos 88 anos. O velório será a partir das 8h na Capela do Cemitério do Coronel Borges, onde será realizado o enterro às 12h.

Zé Nanico apresentava um dos programas de maior audiência da emissora, o “No Sertão da Minha Terra”, e era muito querido por pessoas de todas as gerações.

Mesmo começando a apresentação de madrugada, era comum receber apreciadores do seu trabalho no estúdio. O programa era também palco de violeiros  de toda a região.

A casa onde morava, no bairro Aquidaban, tinha a algazarra dos muitos filhos e a alegria de uma família festeira,  e estava  sempre cheia dos amigos de todos, que eram recebidos por ele e pela mulher como se fossem da família.  “Amigos dos meus filhos são meus amigos também”, diziam.

Foto de família

Sua presença era muito requisitada nas festas do interior, onde comparecia com sua caravana e abrilhantava os encontros com sua voz consagrada e inconfundível.

A propósito, a jornalista que escreve a vocês é uma das que frequentavam a casa de Zé Nanico no início da adolescência porque estudava com uma de suas filhas, mas também porque sempre foi apaixonada por programas de rádio, sendo fã do trabalho daquele baixinho que se agigantava ao apresentar o seu “No Sertão da Minha Terra”.

Calou-se de vez a voz sertaneja que encantou gerações.

Ultimas Notícias