Fábrica da Suzano em Cachoeiro vai ser inaugurada em março

Fábrica da Suzano em Cachoeiro vai ser inaugurada em março
Fábrica da Suzano em Cachoeiro vai ser inaugurada em março
Redação Dia a Dia

A nova fábrica da Suzano em Cachoeiro de Itapemirim vai ser inaugurada em março. Os detalhes desse evento começaram a ser discutidos na última sexta-feira (19), em encontro que reuniu representantes da administração municipal, da indústria de papel higiênico e do governo do Estado, na Superintendência Estadual de Comunicação Social do Espírito Santo (Secom), em Vitória.

Foram apresentadas na reunião propostas para a inauguração da nova fábrica de conversão de papel da Suzano. A data sugerida foi 22 de março, no período da manhã, no formato presencial, com público reduzido, respeitando os protocolos de controle ao Covid 19. A definição depende da agenda do governador Renato Casagrande.

A unidade de Cachoeiro recebeu R$ 130 milhões em investimentos e terá capacidade para produzir 30 mil toneladas por ano de papel higiênico e vai gerar 170 empregos diretos quando estiver operando em plena capacidade.

“Em meio à pandemia, esse projeto foi pensado, implantado e agora começa a operar. Então merece ser construído um evento digno da importância desse investimento para a cidade de Cachoeiro, para o Estado e a Suzano”, afirmou o gerente de Relações Institucionais da Suzano no Espírito Santo, Daniel Ramos.

Mais serviços

Segundo o secretário municipal de Governo, Cláudio Mello, a fábrica será importante para Cachoeiro não só pela geração de emprego e renda, mas também pela própria estrutura da empresa que vai envolver outros serviços.

“A população, o empresariado local, terá mais opções de trabalho e de acesso a uma planta do tamanho que a Suzano está inaugurando no município. Isso é importante demais para a nossa economia”, afirmou.

Já o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Francisco Montovanelli, reforçou que a presença da Suzano em Cachoeiro é um ganho muito grande para o município, pois vai movimentar toda a cadeia produtiva local.

“À medida que gera emprego e renda, atinge a área social e o desenvolvimento econômico da cidade. Isso acaba também influenciando outras empresas a investirem em Cachoeiro. Por isso, a vinda da Suzano para o município é muito positiva”, disse.

Plena capacidade

A expectativa é de que até o final de 2021 a unidade da Suzano em Cachoeiro esteja operando a plena capacidade. Ela faz parte de um pacote de investimentos anunciado pela empresa em dezembro de 2019, fruto de créditos de ICMS.

A planta de Cachoeiro conta com equipamentos de última geração que utilizam recursos da indústria 4.0 e unem inovação e sustentabilidade. A matéria-prima que abastece a produção virá da unidade da Suzano, localizada em Mucuri, no Sul da Bahia.

Em Cachoeiro, a produção foi iniciada com o papel higiênico Mimmo folha dupla. Também serão produzidos na nova unidade, o Mimmo folha tripla, uma novidade no mercado, e Max Pure folha dupla.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi