8 de maio de 2021 04h46

Fazenda da Santa Casa de Cachoeiro recebe doação de 145 galinhas

Fazenda da Santa Casa de Cachoeiro recebe doação de 145 galinhas

A produção de avicultura da Fazenda da Santa Casa de Misericórdia Cachoeiro ganhou um reforço de 145 galinhas, doadas pelo Sicoob Credirochas, que vai proporcionar ampliar a quantidade de ovos produzidos no local.

A iniciativa surgiu após uma visita do diretor operacional do Sicoob Credirochas, Eliomar Torres. Ele iniciou uma campanha entre os colaboradores para arrecadar recursos para a compra das aves. Em menos de quatro dias a meta tinha sido superada.

“Nós tínhamos uma meta significativa de obter 100 novas aves para a Fazenda Santa Casa. Entretanto, foi com essa união, com esse empenho e com esse espírito cooperativista que pudemos superar todos os números previstos, angariando 145 animais”, explica Torres.

Segundo o executivo, a satisfação de saber que está contribuindo com a sociedade de alguma forma é gratificante. “A cada dia que passa, percebemos que existe, em todos os membros da nossa equipe, o real sentimento de pertencer ao espírito cooperativo. De fato, estas pessoas são fundamentais para que, por meio de pequenas atitudes como essa, possamos fazer a diferença na vida de cada um”.

Alimentos para o hospital

A superintendente da Santa Casa, Marinete Tibérico, explica que essa contribuição do Sicoob Credirochas é de extrema importância para o hospital, já que toda a produção da Fazenda é destinada para a alimentação da Santa Casa Cachoeiro, filial Castelo e Lar dos Idosos Adelson Rebello.

“Com a economia das despesas que temos com alimentação, o hospital consegue investir em outras melhorias, fazendo com que o paciente tenha sempre melhor atendimento quando precisar dos nossos serviços”, destacou.

Além da doação das galinhas, a cooperativa realiza outra importante iniciativa que é o Projeto Cuidar de Vidas, onde é desenvolvido um trabalho de ressocialização de detentas do presídio de Cachoeiro.

A Fazenda Agroecológica da Santa Casa, localizada no Monte Líbano, visa reduzir custos com a alimentação do hospital e também garantir comida mais saudável para pacientes e funcionários.

Entre os alimentos a serem produzidos, além da produção de gado e avicultura, estão: chuchu, pimentão, pepino, abóbora, couve, temperos verdes, repolho, chicória, mandioca, alface, cenoura e tomate cereja. Todo cultivo é agroecológico e sustentável.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz