Seleção segue invicta na Copa América. Foto: Conmebol

Final da Copa América será neste sábado, no Maracanã, com presença da torcida

Final da Copa América será neste sábado, no Maracanã, com presença da torcida

A final da Copa América, entre Brasil e Argentina, neste sábado (10), no Maracanã, será com presença do público. A Prefeitura do Rio de Janeiro publicou nesta sexta (9) em seu Diário Oficial a liberação de torcedores até o limite de 10% da capacidade do estádio carioca.

Para isso, a organização deve realizar a testagem contra a Covid-19  em quem for acessar o estádio dentro das 48 horas que antecedem a partida.

O Brasil entra em campo para defender o título Copa América, após uma campanha praticamente perfeita.
Foram seis partidas disputadas até aqui, com cinco vitórias e apenas um empate. Foram 12 gols marcados e dois gols sofridos, melhor ataque e melhor defesa da competição.

A equipe de Tite vai buscar sua décima taça da Copa América. A segunda consecutiva, depois de ter sido campeão em 2019, também em casa.

 

Veja como foi o caminho da seleção brasileira até o Maracanã:

3 x 0 sobre a Venezuela
A seleção brasileira começou bem sua caminhada pelo segundo título seguido da Copa América e pela décima taça da sua história no torneio.
Com gols de Marquinhos, Neymar e Gabriel Barbosa, a equipe de Tite derrotou a Venezuela por 3 a 0, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela primeira partida da edição 2021 do torneio mais antigo do continente com os melhores jogadores do mundo.

 

4 x 0 sobre o Peru
O Brasil entrou em campo para seu segundo compromisso com uma série de novidades no time em relação à partida de estreia e, ainda assim, conseguiu golear o estreante Peru por 4 a 0, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.
Thiago Silva, Fabinho, Everton Cebolinha e Gabriel Barbosa foram as diferentes opções de Tite e os remanescente Alex Sandro e Neymar e Éverton Ribeiro e Richarlison (que entraram no segundo tempo) fizeram os gols.

 

2 x 1 sobre a Colômbia
A Colômbia esteve perto de surpreender o dono da casa com um gol antológico de Luis Díaz, no Estádio Nilton Santos.
Acabou sofrendo o empate após muito resistir e em um dos últimos lances do jogo, sofreu a virada e perdeu por 2 a 1. Gols de Roberto Firmino e Casemiro.

 

1 x 1 com o Equador
O Equador mostrou brio e poder de reação para se recuperar contra o anfitrião Brasil, depois de sair atrás do marcador, e empatar por 1 a 1, no Estádio Olímpico, em Goiânia, pela última rodada do Grupo B da Copa América 2021.

Éder Militão fez o primeiro gol do jogo para o Brasil, na etapa inicial, e Mena deixou tudo igual, no segundo tempo.

 

1 x 0 sobre o Chile
Com muito suor, o Brasil venceu o Chile por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro, e se classificou para as semifinais da Copa América 2021.
Lucas Paquetá entrou no segundo tempo para fazer o gol da classificação dos brasileiros, que jogaram quase todo segundo tempo com um homem a menos – Gabriel Jesus foi expulso.

 

1 x 0 sobre o Peru
A seleção de Tite garantiu a oportunidade de conquistar o bicampeonato da Copa América, ao vencer o Peru por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro.
Assim como na vitória por 1 a 0 sobre o Chile, nas quartas de final, contra os peruanos Lucas Paquetá fez o gol da vitória. Desta vez como titular, o meio campista marcou ainda no primeiro tempo para os donos da casa, que administraram o placar na etapa final.

Fonte: Conmebol

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz