Ministro visita jazidas. Foto: Bruno Spada/MME

“Fiquei impressionado com o que vi aqui”, diz ministro em visita a Cachoeiro

“Fiquei impressionado com o que vi aqui”, diz ministro em visita a Cachoeiro

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, visitou o Sul do Espírito Santo nesta quarta-feira (19) e disse que volta para Brasília impressionado com o setor de Rochas Ornamentais.

É a primeira vez que um ministro de Minas e Energia visita Cachoeiro de Itapemirim. Ele também passou por Castelo e Anchieta.

“Para mim, como brasileiro, é um orgulho muito grande. E como ministro de Minas e Energia fiquei impressionado com o que vi aqui, como o setor está se recuperando , como ele cresceu nesses quatro primeiros meses”.

Veja a entrevista abaixo

A visita do ministro foi um convite do deputado federal, Evair de Melo, que reforçou o valor histórico da visita.

“Mais de 90% do mármore de Brasília é de Itaoca Pedra e Brasília nunca tinha conseguido enxergar isso”, ressaltou.

Veja a entrevista abaixo.

Para o empresário e presidente do Sindirochas, Tales Machado, é muito importante para o setor estreitar os laços com o governo federal e a vinda do ministro representa possibilidades de maior crescimento das empresas.

Assista à entrevista

Durante a visita, o ministro conheceu grandes empresas do setor, como a CS3 Revestimentos, que possui expressiva atuação no mercado de rochas ornamentais e revestimentos sintéticos no Brasil e em 27 países.

Também conheceu a Bramagran, empresa de rochas ornamentais com mais de 30 anos no mercado, e a MG2, que está ampliando seu parque industrial para atender o mercado interno e externo.

Além disso, realizou visita à Itaoca Pedra, em Cachoeiro de Itapemirim, onde foram apresentados os processos para extração de materiais. Também visitou a empresa Mineração Capixaba, pioneira na extração de mármore na região Sul do estado. E a Magban onde foram apresentados processos de beneficiamento dos principais materiais trabalhados.

As exportações brasileiras de rochas ornamentais apresentaram, no primeiro quadrimestre deste ano, um crescimento de 28,5% no faturamento em relação ao mesmo período de 2020. As exportações capixabas também tiveram crescimento de aproximadamente 28%. Os dados foram divulgados nesta semana pelo Centrorochas e Sindirochas, entidades representantes do setor.

O Espírito Santo é responsável por 82% das exportações nacionais. De janeiro a abril deste ano, os municípios que mais exportaram foram Serra (24,5%), Cachoeiro de Itapemirim (21,2%) e Barra de São Francisco (11,9%).

Nos quatro primeiros meses do ano, o setor nacional enviou cerca de 655,5 mil toneladas entre chapas e blocos. Estados Unidos (42,6%), China (27,4%) e Itália (6,4%) receberam a maior quantidade de produtos brasileiros.

Participaram da visita o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, Alexandre Vidigal, e os parlamentares Hélio Lopes (PSL-RJ), Sanderson (PSL-RS) e Soraya Manato (PSL-ES).

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi