A força tática da PM vai atuar em Mimoso, Muqui, Atílio Vivácqua e Apiacá. Foto: Divulgação

Força tática da PM é reativada em Mimoso do Sul, Muqui, Atílio Vivácqua e Apiacá

Força tática da PM é reativada em Mimoso do Sul, Muqui, Atílio Vivácqua e Apiacá
Força tática da PM é reativada em Mimoso do Sul, Muqui, Atílio Vivácqua e Apiacá
Alessandro Araujo de Paula

A Polícia Militar retornou nesta segunda-feira (15) com equipe da Força Tática, que vai atuar 24 horas por dia nas cidades de Mimoso do Sul, Muqui, Atílio Vivácqua e Apiacá, que integram a 15ª Companhia Independente.

“Mesmo com toda dificuldade, fizemos um esforço para reorganizar nosso efetivo e reativar a força tática. Tomamos essa decisão após análise do mapa do crime de 2021 e do final de 2020, entre outros dados”, disse o comandante da 15ª Cia, major Nério Pereira da Silva Filho.

Segundo Nério, serão duas equipes com quatro policiais por viatura e que irão atuar todos os dias da semana.

“A força tática faz uma repressão qualificada do crime, pois além de atuar com número maior de policiais – são quatro agentes na viatura e não dois – possuem treinamento diferenciado para ocorrências de maior complexidade”, explicou.

A força tática vai atuar na repressão ao crime, como tráfico, porte irregular de arma e busca de fugitivos, mas também poderá ser acionada para agir na dispersão de aglomerações de pessoas em bares, praças e em eventos.

“A equipe da força tática porta nas viaturas equipamentos menos letais, como bombas de gás de efeito moral, munição de elastômero e espargidores (spray) de pimenta em tamanho adequado para dispersão de tumultos”, disse Nério.

O comandante explicou que não houve reforço de mais policiais para a reativação da força tática. “Redirecionamos pessoal de outras áreas. É uma questão de prioridade que estabelecemos nessa conjuntura atual, em função dos crimes e da pandemia”, ressaltou.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias