Governo dará abono de R$ 6,5 mil a professores que recebem pelo Fundeb

Governo dará abono de R$ 6,5 mil a professores que recebem pelo Fundeb
Redação Dia a Dia

Cerca de 14 mil profissionais da Educação poderão receber um abono de R$ 6, 5 mil caso seja aprovado projeto de lei que será encaminhado à Assembleia Legislativa propondo a concessão do Bônus Fundeb.

O  anúncio foi feito pelo governador do Estado Renato Casagrande na manhã desta terça-feira (07) durante o 2º Encontro de Diretores da Rede Estadual 2021, que acontece em Vitória durante todo o dia.

Terão direito ao benefício professores, pedagogos, coordenadores  e diretores que estiverem no efetivo exercício do magistério em unidades escolares.

Serão contemplados os profissionais que recebem por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).  Para os demais, que não recebem por essa fonte, a Lei Complementar nº 173 veda qualquer tipo de bonificação/reajuste.

O governador Renato Casagrande destacou a importância das ações do Governo do Estado na área da educação e enfatizou que essa é prioridade das prioridades diante das perdas provocadas pela pandemia.

“Estamos encerrando este ano melhor do que no ano passado. Temos uma perspectiva ainda melhor para 2022. Conseguimos tocar a máquina pública mesmo na pandemia e, proporcionalmente, fomos o Estado que mais investiu em infraestrutura e educação”, pontuou.

O governador ressaltou também que na área de infraestrutura estão incluídas dezenas de obras em escolas, que estão sendo reformadas ou construídas.

“Quando tomamos a decisão de abrir mais 40 escolas de tempo integral, de financiar 18 mil alunos do Fundamental I nos municípios ou quando adquirimos computadores para professores e alunos, isso tudo é para mudar a vida das pessoas. Agora estamos pedindo a autorização da Assembleia para conceder esse bônus de R$ 6,5 mil para os profissionais do magistério”.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, reforçou que essa é mais uma ação de valorização dos profissionais.

“Neste governo, quando há uma fala de priorização da educação, temos ações concretas de fato. Porque temos a visão da importância da Educação. Crescemos em 15% os investimentos, sendo que apenas nove dos 27 estados brasileiros aumentaram seus investimentos na educação durante esse período de pandemia”, observou.

O 2º Encontro de Diretores da Rede Estadual acontece durante todo o dia e a programação inclui palestras, além de apresentações culturais.

Além dos diretores escolares, também estiveram presentes os subsecretários de Estado da pasta, Josivaldo Barreto de Andrade (Administração e Finanças); Aurélio Meneguelli (Suporte à Educação); Marcelo Lema (Planejamento e Avaliação); Andréa Guzzo (Educação Básica e Profissional); e superintendentes Regionais de Educação.

Ultimas Notícias