Governo lança sistema que promete integrar viaturas e agilizar atendimentos do 190

Governo lança sistema que promete integrar viaturas e agilizar atendimentos do 190
Governo lança sistema que promete integrar viaturas e agilizar atendimentos do 190
Anete Lacerda

O Governo do Estado lançou, nesta segunda-feira (11), o novo sistema de computação embarcada para as viaturas operacionais das forças policiais e de salvamento do Espírito Santo, que já foi implantada e testada na 1ª fase num projeto piloto com 156 veículos em Cariacica e Viana.

A previsão é que, em 45 dias (2ª fase), todas as viaturas da Grande Vitória, das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros, estejam equipadas com o aparelho. O investimento inicial é de R$ 242.900,00 mensais.

Segundo o governador Renato Casagrande, a nova tecnologia trará mais agilidade e eficiência no atendimento de ocorrências, além de fornecer possibilidades inéditas aos profissionais, como wi-fi integrado para consulta de bancos de dados, leitor de biometria e sistema de leitura de placas de veículos.

Agora, o despachador de recurso operacional que atua no Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) terá disponível na tela do computador a localização, em tempo real, de cada viatura equipada com a computação embarcada.

Com isso, ele poderá direcionar mais rapidamente aquele recurso para uma ocorrência e monitorar se a guarnição está seguindo ao local indicado.

Para complementar, os policiais ou bombeiros nas viaturas contarão ainda com um smartphone que com o aplicativo conectado diretamente ao sistema e-cops, utilizando internet fornecida pelo wi-fi integrado ofertado pelo aparelho.

Assim, ele poderá receber rotas mais rápidas para chegar até um endereço, por exemplo. Outra novidade é o sistema de transcrição de voz.

O agente de segurança na viatura poderá enviar um áudio por meio do App, atualizando a ocorrência em tempo real para o despachador de recursos, sendo que a informação já é escrita automaticamente na tela do computador no Ciodes.

As vantagens são diversas e o Governo do Estado, por meio dessa tecnologia, espera aumentar a capacidade de pronta resposta a ocorrências geradas por acionamentos da população ao 190.

Posteriormente, o objetivo é equipar as viaturas com o sistema de leitura biométrica, que é compatível com o software e será capaz de identificar uma pessoa por meio da digital.

Outra novidade é o leitor de placas OCR, que permite identificar um veículo com restrição de furto ou roubo, por meio de uma câmera automática, apenas circulando em uma via.

“Queremos que a sociedade saiba que estamos recomeçando um controle sobre a movimentação das nossas viaturas. É mais um passo em direção ao uso da tecnologia com o objetivo de proteger o capixaba. Será bom para o policial que vai prestar contas do trabalho e é bom para a sociedade”, disse.

Casagrande reforçou a necessidade de continuidade das políticas públicas, a exemplo desse sistema, que foi iniciada na gestão anterior do governador e acabou sendo descontinuado:

O governador ressaltou que quando é iniciado um trabalho bem feito, ganha a confiança da sociedade, mas que quando há descontinuidade, é preciso recomeçar todo o trabalho e também buscar essa confiança novamente.

“Com essa tecnologia, nossos policiais serão ainda mais eficientes. Temos feito grandes entregas na área de segurança pública, que é desafiadora e não deve ser discutida apenas no período eleitoral. Aproveito também para parabenizar a todos pelo esforço.”

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, lembrou que essa é mais uma entrega importantíssima do governo, que joga luz sobre a gestão operacional das viaturas.

“Isso vai permitir atender com mais rapidez e prestatividade à sociedade capixaba. É um investimento que permite rastreamento em tempo real das viaturas, conexão por wi-fi para que os policiais se mantenham conectados e o acionamento dos policiais por aplicativo, o que dá celeridade ao tempo de resposta”, afirmou Ramalho.

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, que atua como coordenador-executivo do Programa Estado Presente, destaca que está sendo resgatado o que foi feito na primeira gestão do governador Renato Casagrande, quando era usada tecnologia semelhante.

“Na atual gestão, com a retomada do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, estamos investindo fortemente na Segurança Pública, em recursos humanos, equipamentos, infraestrutura de nossas unidades policiais, tecnologia e inteligência, reduzindo a violência letal e levando paz para a sociedade capixaba”, completou Duboc.

 

Ultimas Notícias
mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi