Foto: Lauro Narciso

Governo vai pagar 900 proprietários rurais para proteger o meio ambiente

Governo vai pagar 900 proprietários rurais para proteger o meio ambiente
Governo vai pagar 900 proprietários rurais para proteger o meio ambiente
Alessandro Araujo de Paula

O governo do estado lançou nesta segunda-feira (4), no Dia Mundial da Natureza, novos programas de apoio à gestão ambiental e anunciou um novo edital do programa Reflorestar, programa estadual que paga por serviços ambientais (PSA). Os investimentos ultrapassam os R$ 62 milhões.

Serão inseridas novas áreas de atuação do programa Reflorestar Além de propriedades no Caparaó e no interior das bacias do Jucu, Santa Maria da Vitória e Reis Magos, também serão atendidas propriedades rurais a montante de pontos de captação de água para abastecimentos de centros urbanos, localizados em 106 microbacias em todo o Estado.

Serão mais de R$ 30 milhões de investimentos com recursos do Fundágua e do Banco Mundial, beneficiando 900 produtores rurais, em um período de até 5 anos.

“O Reflorestar é um belo exemplo de que é possível aliar desenvolvimento e preservação do meio ambiente”, disse o diretor presidente do Bandes, Munir Abud de Oliveira.  Segundo ele, desde 2016, quando começou a operar o programa, 3 mil proprietários foram beneficiados e 21 mil hectares preservados.

Para o coordenador do Programa Reflorestar, Marcos Sossai, no ciclo 2021 do Programa tem como objetivo atrair produtores rurais que possuem áreas prioritárias para restauração florestal, e que também sejam estratégicas para recargas de aquíferos.

O governo do estado também lançou os programas de Sustentabilidade Ambiental e Apoio aos Municípios (Proesam) e de Conservação e Revitalização de Bacias Hidrográficas (Probacias).

Foto: Hélio Filho/Secom

“São medidas importantes que estamos realizando no dia de hoje. Temos um objetivo claro de recuperar nossas bacias e áreas florestais”, afirmou o governador Renato Casagrande.

Casagrande anunciou a publicação da Portaria para implantação do 1º Ciclo do Proesam, que é o primeiro programa brasileiro de apoio estadual às secretarias de Meio Ambiente dos municípios, no formato de compra de resultados, com premiações financeiras para quem atingir metas pré-estabelecidas.  Serão disponibilizados mais de R$ 19 milhões. Para adesão ao Proesam, o município precisará atender a alguns pré-requisitos.

O Probacias, criado pela Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh), três localidades das bacias hidrográficas dos rios Novo e Itapemirim vão receber ações que incluem técnicas de conservação de solo e estradas vicinais, monitoramento da água, saneamento rural, capacitação e articulação com a sociedade das bacias. Ao todo, serão investidos R$ 13,7 milhões em três anos.

Ultimas Notícias
mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi