Gripe preocupa e representou mais de 65% dos casos no Paulo Pereira em um dia

Gripe preocupa e representou mais de 65% dos casos no Paulo Pereira em um dia
Redação Dia a Dia

O Governo do Estado está mobilizando os 78 municípios capixabas, por meio do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, a fim de alcançar a meta da cobertura vacinal contra a Influenza.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) já reconhece uma epidemia de gripe em alguns municípios do Espírito Santo e em Cachoeiro a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) já alertou a população para que não deixe de se vacinar contra a gripe, uma vez que o número de casos de pacientes com sintomas gripais teve grande aumento, e o índice de vacinação está abaixo da meta.

De acordo com comunicado da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), emitido nesta semana, a taxa de casos positivos de Influenza no Espírito Santo subiu de 0,04%, em outubro, para 7,3%, nas primeiras semanas de dezembro. Além disso, apenas 75% dos idosos do estado – grupo de maior risco – estão vacinados, quando a meta é de 90%.

A situação tem se agravado no Brasil como um todo. Estados como o Rio de Janeiro tem enfrentado surtos de gripe, e cidades da Grande Vitória estão com superlotação em unidades de saúde.

Em Cachoeiro, o número de atendimentos também aumentou bastante: no Centro de Paulo de Saúde Paulo Pereira Gomes (PPG), por exemplo, dos 311 atendimentos realizados na última segunda-feira (13), 203 tinham relação com síndromes gripais – ou seja, 65,2% do total de atendimentos.

O secretário municipal de Saúde, Alex Wingler diz que as pessoas devem se preocupar em se vacinar contra a Covid-19 e também contra o vírus da gripe, uma vez que a Influenza é um risco muito grande, sobretudo para idosos, mas a população em geral também deve se atentar.

“Seria muito ruim, por exemplo, não conseguir aproveitar as festividades de fim de ano porque está com febre, dor de cabeça, dificuldade para respirar”, comenta.

Como se vacinar

A vacinação contra a Influenza ocorre nos mesmos dias, horários e locais das aplicações contra a Covid-19: de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na Policlínica Municipal Bolívar de Abreu (Centro Municipal de Saúde), bem como nos pontos de vacinação itinerantes.

A vacina contra a gripe é direcionada a todas as pessoas acima de seis meses de vida, e não é mais necessário intervalo de espera após ter se vacinado contra a Covid-19. Na hora de se vacinar, é preciso ter em mãos documento de identidade, cartão de vacinas e CPF ou cartão do SUS.

Atendimento para sintomas gripais é na UBS

Em caso de sintomas gripais, os pacientes devem se dirigir à Unidade Básica de Saúde mais próxima da residência para receber atendimento. As UBS estão preparadas, inclusive, para fazer a coleta de exame para identificar se o paciente está com Covid-19 ou não.

Pronto Atendimentos como o PPG, UPA do Marbrasa e PA Infantil são direcionados para atendimentos de média e alta gravidade.

Ultimas Notícias