IBGE prorroga inscrições para o Processo Seletivo do Censo Demográfico 2022

IBGE prorroga inscrições para o Processo Seletivo do Censo Demográfico 2022
Redação Dia a Dia

As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o Censo Demográfico 2022 foram prorrogadas até o dia 21 de janeiro.

Serão disponibilizadas para o Espírito Santo 4.153 vagas, sendo 3.671 para recenseadores e 482 para agente censitário supervisor e agente censitário municipal.

São oferecidas 183.021 vagas para recenseador, 18.420 para agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM) em 5.297 municípios do país.

A taxa de inscrição para recenseador é de R$ 57,50, e de R$ 60,50 para agente censitário, e pode ser paga até 16 de fevereiro. Com a prorrogação dos prazos, as provas foram adiadas de 27 de março para 10 de abril.

Com a inscrição efetuada até o dia 21 de janeiro, a taxa de inscrição poderá ser paga até o dia 16 de fevereiro. Pessoas inscritas no CadÚnico poderão solicitar isenção do pagamento da taxa.

Como o salário do recenseador é por produção, é possível simular a remuneração. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a organizadora da seleção, clique aqui para se inscrever.

As provas serão realizadas em todos os municípios onde houver vagas. O candidato poderá fazer a prova em local diferente do que ele selecionar para trabalhar no ato da inscrição.

O IBGE reforça que as inscrições para os processos seletivos de 2020 e 2021 não serão válidas para o Censo 2022. O pedido de reembolso dos processos cancelados pode ser feito clicando aqui.

Há ainda 18.420 vagas de agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 de agente censitário municipal (ACM), ambas de nível médio.

Os salários são de R$ 1.700 e R$ 2.100, respectivamente. O ACM gerencia o trabalho do posto de coleta, enquanto o ACS, subordinado ao ACM, tem como principal função orientar os recenseadores durante a execução dos trabalhos de campo.

Como as vagas de agente censitário terão inscrição única, ao candidato com melhor classificação será oferecida a vaga de ACM. Os demais terão direito às vagas de ACS, de acordo com a ordem de classificação.

Os candidatos podem concorrer aos dois processos seletivos, já que as provas dos recenseadores serão realizadas no turno da manhã e a dos agentes censitários na parte da tarde.

As provas objetivas serão aplicadas presencialmente seguindo os protocolos sanitários de prevenção da Covid 19 que constam em edital. O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo.

De acordo com o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros, a prorrogação é um processo normal e esperado em processos seletivos deste porte.

“Há o acréscimo de ser um processo que foi aberto em um período de festas de final de ano, com a população viajando. Os alunos das universidades são um público que se interessa pelo trabalho de recenseador, e eles estão de férias neste momento. Além disso, muita gente está empregada com contratos temporários que expiram agora no final de dezembro, e vai começar a buscar novas oportunidades”.

 

Veja o resumo: 

– Inscrições para 206.891 vagas foram prorrogadas até 21 de janeiro de 2022.

– São 183.021 vagas de recenseador, 18.420 de agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM) em quase todos os municípios (5.297) do país.

– Para recenseador, é preciso ter nível fundamental completo. A taxa de inscrição é de R$ 57,50 e pode ser paga até 16 de fevereiro.

– Um simulador está disponível para calcular a remuneração do recenseador, de acordo com a localidade e as horas trabalhadas.

– Já as oportunidades de agentes censitários exigem nível médio, e possuem salários de R$ 2.100 para ACM e de R$ 1.700 para ACS. A taxa de inscrição é de R$ 60,50 e pode ser paga até 16 de fevereiro.

– As inscrições para os processos seletivos de recenseador e agente censitário de 2020 e 2021 não serão válidas para o Censo 2022.

– Pessoas inscritas no CadÚnico podem solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias