seg 16/maio/2022 11:18

Inscrições para concurso da Polícia Civil se encerram na próxima segunda-feira (11)

Inscrições para concurso da Polícia Civil se encerram na próxima segunda-feira (11)
DiaaDiaES.com.br

O período de inscrição para o concurso da Polícia Civil do Espírito Santo está chegando ao fim. São 173 vagas para diferentes cargos de nível médio e superior.

As inscrições terminam na próxima segunda-feira (11) e podem ser feitas através do site do Instituto AOCP, que é a banca escolhida para realizar o concurso. A taxa de inscrição é de R$ 146,73 para cargos de nível superior e de R$ 96,50 para os de nível médio.

Faça sua inscrição neste LINK

São 153 vagas de nível superior, com subsídio de R$ 5.103,84. Elas estão divididas em 60 vagas para investigador; 50 para perito oficial criminal – organizadas em oito áreas; 20 para escrivão de polícia; 15 para médico-legista; quatro para assistente social e quatro para psicólogo.

Já para o nível médio, estão disponíveis 20 vagas como auxiliar de perícia médico-legal, com subsídio de R$ 3.622,08.

O delegado-geral, José Darcy Santos Arruda, comentou a respeito da importância do concurso: “todo concurso traz novos talentos para a Polícia Civil, o que permite uma verdadeira oxigenação do nosso quadro de vagas. Cada novo policial traz consigo conhecimentos e habilidades únicas para as equipes”

Ele ressalta ainda que os novos investigadores, escrivães, peritos, médicos e auxiliares de perícia médico-legal vão fortalecer as investigações criminais e a materialização das provas. “Psicólogos e assistentes sociais para o atendimento do público interno e atuação nos programas de responsabilidade social desenvolvidos pela instituição e nas delegacias”, comentou.

 

Conheça algumas das principais atribuições dos cargos que estão sendo ofertados

 

Auxiliar Perícia Médico-Legal

Entre as atribuições do auxiliar de perícia médico-legal está a de colaborar com o trabalho do médico legista junto a atividades como a necropsia e a exumação de cadáveres. Além disso, ele também é responsável por realizar o registro de óbitos e auxiliar no transporte de cadáveres de locais de crime, acidentes ou catástrofes.

 

Assistente Social

O assistente social poderá trabalhar tanto com os detidos e seus familiares quanto no cuidado dos servidores. Poderão executar atividades que envolvem a triagem e a orientação de menores abandonados, procurando a sua reintegração; a aplicação de estratégias para a promoção da reintegração do preso na família e na sociedade. Também é responsabilidade do assistente social indicar à autoridade competente, os casos de detentos que necessitam de orientação e assistência médica. Além disso, eles fazem parte das equipes que orientam e coordenam os trabalhos nos casos de reabilitação profissional.

 

Escrivão de Polícia

O escrivão de polícia é responsável por dirigir e fiscalizar os trabalhos cartorários, como expedir e remeter inquéritos, processos e certidões. Também cabe ao escrivão recolher fiança, solicitar exames periciais, encaminhar vítimas para exames de corpo de delito e auxiliar as autoridades policiais nos trabalhos que envolvam o cartório.

 

Investigador

Ao investigador se atribui cumprir mandados, realizar investigações para elucidar crimes, prender e apresentar às autoridades quem for encontrado em flagrante delito, reprimir atos perturbadores da ordem pública e isolar locais de acidentes ou mortes violentas.

 

Médico-legista

O médico-legista é quem procede na realização de exames, realiza a necropsia a fim de identificar a causa mortis, localiza e caracteriza lesões externas e requisita e interpreta exames. Ele também procede na exumação de cadáveres e comparece perante juízes e tribunais, sempre que requisitado.

 

Psicólogo

O psicólogo fica a cargo de avaliar o comportamento e a periculosidade de presos, de prestar auxílio psicológico aos detidos, de acompanhar os servidores policiais durante o curso de formação, de colaborar com a Escola de Polícia Civil e na elaboração de programas de educação policial.

 

Perito Oficial Criminal

Cabe ao Perito Oficial Criminal, a realização, coordenação e supervisão de atividades de natureza técnica e científica que têm como objetivo a execução de exames e todas as perícias criminais necessárias à instrução processual penal nos termos das normas constitucionais e legais em vigor, exercendo suas atribuições nos mais diversos setores periciais.

FONTE: POLÍCIA CIVIL

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias
%d blogueiros gostam disto: