Primeiros 759 kits de hortifrutigranjeiros foram entregues. Foto: Márcia Leal/PMCI

Kits de alimentos para alunos de Cachoeiro recebem produtos do campo

Kits de alimentos para alunos de Cachoeiro recebem produtos do campo

Os kits de alimentos distribuídos a famílias de alunos da rede municipal de ensino de Cachoeiro de Itapemirim, durante a suspensão das aulas motivada pela pandemia Covid-19, foram reforçados com produtos da agricultura familiar.

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) iniciou na terça-feira (19) a entrega de hortifrutigranjeiros adquiridos da Cooperativa da Agricultura Familiar do município, com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Abóbora, chuchu, ovos, banana-da-terra, pepino, tomate e mexerica são alguns dos itens que passaram a ser recebidos pelas famílias inscritas no programa federal Bolsa Família.

Desde meados de abril, elas já recebem cestas com leite, arroz, feijão, macarrão, óleo, canjiquinha, biscoito, dentre outros alimentos que seriam usados na merenda escolar.

A entrega é feita em 15 escolas-polo, subdivididas de acordo com regiões geoescolares da cidade, e em mais 10 unidades de ensino do interior. Os gestores de cada escola entram em contato com as famílias para agendar a entrega, de forma a evitar aglomerações.

Novos alimentos

Na última terça foram entregues 759 kits de produtos rurais a famílias de alunos. A novidade foi bem recebida por pais e responsáveis.

Mãe de estudante da escola “Maria das Dores Pinheiro Amaral”, Gigiane Ferraz compareceu à unidade-polo “Anísio Vieira de Almeida Ramos” e ressaltou que os novos alimentos complementarão as refeições. “Com essas verduras, legumes e frutas, a alimentação será ainda mais completa”, disse.

“O kit de alimentação tem ajudado muitas famílias e, com mais esses produtos, a alimentação das crianças vai ganhar mais nutrientes e sabor. Para nós, que somos pais, nos tranquiliza muito, saber que os nossos filhos terão mais esse benefício”, reforçou Adriele Costa.

Carlos Antônio dos Santos, pai de aluno da “Áurea Bispo Depes”, completou: “Veio na hora certa, porque ajuda muitas pessoas que, por causa desta situação, tiveram suas finanças prejudicadas. Toda ajuda é bem-vinda”.

Momento atípico

A secretária de Educação de Cachoeiro, Cristina Lens, explica que cada unidade de ensino possui cronograma próprio de entrega dos alimentos e está trabalhando para que todas as famílias, que têm direito ao benefício, sejam atendidas o mais breve possível.

“É um momento atípico e temos atuado para ajudar os famílias de alunos em maior vulnerabilidade social. Essa novidade veio para ajudar a complementar a alimentação delas com produtos frescos e saudáveis e esperamos que seja bem aproveitada”, disse.

Escolas-polo de distribuição

“Pe. Jefferson Luiz de Magalhães”, “Padre Gino Zatelli”, “Galdino Theodoro da Silva”, “Anísio Vieira de Almeida Ramos”, “Julieta Deps Tallon”, “Oscar Montenegro Filho”, “Dr. Pedro Nolasco Teixeira de Rezende”, “Monteiro Lobato”, “Zeni Pires Ferreira”, “Zilma Coelho Pinto”, “José Taveira”, “José Antonio Colombini Egramphonte” (supercreche).

Escolas com distribuição no interior

“Hylsen Darcy Perim”, “Monte Alegre”, “Profª Cibélia Teixeira Zipinotti”, “Dolores Gonzalez Villa”, “São Vicente”, “Alto São Vicente”, “Sertão do Monte Líbano”, “Alberto Sartório”, “São João da Lancha”, “Pluridocente Tijuca,“Luiz Semprini”, “José Pinto” e “Jácomo Silotti”, “Laurindo Sasso”, “Maria das Graças Felippe”.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz