sexta-feira - 16 de abril de 2021
Jornal Dia a Dia – Notícias do Espirito Santo e do Brasil
O médico Guilherme Rebello é especialista em radioterapia. Foto: Julia Terayama/IRV

Médico recomenda que pessoas com câncer usem duas máscaras contra a Covid-19

Um estudo realizado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças, órgão regulador do sistema de saúde dos Estados Unidos, constatou que usar duas máscaras ao mesmo tempo reduz o risco de contágio pela Covid-19, sobretudo num momento em que variantes da doença circulam em todo o mundo.

A combinação de uma máscara cirúrgica com uma de tecido reduz em até 95% a exposição aos aerossóis, que são partículas minúsculas de secreções respiratórias que podem transmitir o novo coronavírus.

Especialista em radioterapia, o médico Guilherme Rebello explica que a combinação das duas máscaras é recomendada para pessoas que fazem tratamento de câncer, pois aumenta a barreira contra o vírus ao criar um melhor ajuste da proteção ao redor do rosto.

“Segundo estudo publicado recentemente, o uso da máscara cirúrgica com uma máscara de pano por cima confere uma maior proteção contra o vírus. Assim como a população em geral, o paciente oncológico deve seguir as mesmas orientações devido ao maior risco de apresentar complicações”, explica o médico, do Instituto de Radioterapia Vitória (IRV).

Onde usar a dupla proteção

De acordo com Guilherme Rebello, o uso das duas máscaras ao mesmo tempo é recomendado de preferência em locais com maior risco de transmissão, como os fechados, com pouca circulação de ar e onde há aglomeração de pessoas.

“Em ambientes abertos e ao ar livre pode-se manter o uso de apenas uma máscara. De qualquer forma, o mais importante e recomendado no estudo é manter um bom ajuste da máscara ao rosto de cada um”, disse o médico.

Estratégia de prevenção

Recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, a máscara é uma das principais estratégias de prevenção individual da Covid-19. No Espírito Santo, seu uso é obrigatório, definido por meio de decreto estadual, independentemente do grau de risco de cada município.

Guilherme Rebello destacou que mesmo após a imunização com a vacina, o paciente de câncer deve manter seus cuidados diários.

“A vacina não nos protege 100% contra a doença. Se contrairmos a Covid-19, mesmo que de forma leve, poderemos transmitir o vírus”, destacou.

A pandemia completa um ano no Espírito Santo em março e, de acordo com o especialista, não é hora de relaxar com o uso da máscara. A orientação vale principalmente para quem está em tratamento de câncer.

“Há variantes do vírus em circulação e o paciente de câncer deve manter os mesmos cuidados, como usar máscara, manter o distanciamento social, evitar aglomerações, utilizar o álcool em gel, além de permanecer nos locais de tratamento apenas o tempo necessário”, disse o médico.

Pessoas com câncer são classificadas no grupo de risco da Covid-19 porque o tratamento oncológico, em geral, afeta o sistema imunológico.

Sobre o IRV

Fundado em 2005, o Instituto de Radioterapia Vitória (IRV) é a única clínica privada do Espírito Santo para o tratamento de câncer por meio deste serviço. Funciona nas dependências do Vitória Apart Hospital, na Serra, com tecnologia de ponta e equipe altamente qualificada que tem como filosofia de trabalho o acolhimento dos pacientes.

O IRV tem convênio com os maiores planos de saúde do Espírito Santo, como Unimed, Samp, São Bernardo, Bradesco Saúde, MedSênior, Pasa/Vale, ArcelorMittal, Petrobras, Cassi (BB), Saúde Caixa, Banescaixa, Amil, entre outros.

Carregando....

O site do Jornal Dia a Dia ES pode usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Ler mais...

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz
%d blogueiros gostam disto: