Foto: Comunicação PMCI

Mesmo na pandemia, cresce a receita total dos municípios capixabas

Mesmo na pandemia, cresce a receita total dos municípios capixabas

A expectativa de queda da receita nos municípios em função da pandemia da Covid-19, que provocou impactos econômicos e sociais em todo o mundo, não se cumpriu nos municípios capixabas.

Eles conseguiram manter as finanças equilibradas e até registraram crescimento nas receitas totais em 2020, de acordo com o anuário Finanças dos Municípios Capixabas.

Os dados do anuário apontam uma alta de 2,2%, R$ 309,2 milhões a mais do que o ano anterior, muito em função dos auxílios financeiros do Governo Federal e a entrada de recursos de operações de crédito, esclarece Tânia Villela, economista e editora do anuário.

Cachoeiro recebeu cerca de R$ 37,3 milhões de auxílio, entre recursos estaduais e federal, e sua receita cresceu  de R$ 521.590,9 em 2019 para R$  565.207,4 em 2020, aponta o anuário Finanças Capixabas.  Segundo a economista, sem o apoio financeiro as administrações das cidades certamente teriam registrado quedas reais nas receitas.

” A projeção para a receita corrente, por exemplo, era de queda de 5,2%. Neste cenário de crise sanitária, as transferências de ICMS do governo estadual às prefeituras capixabas em 2020 também registraram crescimento de 1,2% em relação ao ano anterior, tendo atingido R$ 2,97 bilhões”.

Tânia enfatiza que ainda que a variação tenha sido pequena, o fato de os repasses de ICMS terem subido foi um evento bastante positivo, pois a pandemia provocou uma forte redução das atividades econômicas em nível nacional, principalmente nos setores industriais e de serviços, e aumentou o desemprego.

Outro fator apontado pela editora do anuário é de que o auxílio emergencial distribuído às pessoas mais vulneráveis ajudou na manutenção da receita do ICMS.

Despesas

Com alta de 3,3% em relação a 2019, o total da despesa dos municípios capixabas cresceu pouco acima das receitas. Por outro lado, seu nível, de R$ 13,35 bilhões, foi R$ 920,3 milhões menor que o das receitas – que alcançou R$ 14,27 bilhões.

Entre os grandes grupos de gastos, os investimentos foram o item que mais subiu: as administrações municipais investiram 37,5% a mais do que em 2019. Todos os dados do anuário já estão corrigidos pela inflação.

Ultimas Notícias

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi