Ministro Bento Albuquerque. Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

Ministro visita Cachoeiro, Castelo e Anchieta nesta quarta (19)

Ministro visita Cachoeiro, Castelo e Anchieta nesta quarta (19)

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, estará no Espírito Santo nesta quarta-feira (19) para conhecer o setor de rochas. Ele irá conhecer empresas e pedreiras situadas nos municípios de Castelo, Anchieta e Cachoeiro de Itapemirim.

Bento Albuquerque vem ao Espírito Santo a convite do deputado federal Evair de Melo, vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal.

Entre as agendas, Bento visitará Itaoca Pedra, a jazida de extração de mármore onde foi extraída grande parte dos mármores de Brasília.

Ministro aceitou convite do deputado Evair de Melo. Foto: Divulgação

O distrito de Itaoca é destacado pela exploração e produção nacional de mármore e granito como rochas ornamentais ou para fins industriais, sendo uma área de intensa exploração e de interesse do setor minerário.

O presidente do Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Espírito Santo (Sindirochas), Tales Machado, ressaltou que o Espírito Santo tem aproximadamente 1,6 mil empresas ativas que atuam na cadeia produtiva de rochas, gerando 25 mil postos de trabalho diretos e 100 mil indiretos.

Ele ressalta que o setor de rochas em toda sua cadeia, como extração, beneficiamento, comércio interno e externo, produção de máquinas, equipamentos e insumos, serviços, corresponde a cerca de 10% do PIB do estado.

“A beleza das cores, as texturas apresentadas e a qualidade do beneficiamento dado a essas rochas pelas indústrias do Espírito Santo, proporcionam um diferencial que desperta o interesse do especificador e do consumidor”, ressaltou Tales.

Evair ressaltou que o município de Cachoeiro tem grande contribuição com a bela ornamentação de mármores existentes em Brasília. “Entre as agendas que cumpriremos junto ao ministro, nada mais justo que mostrar a ele nossa riqueza e de onde vem”, declarou.

A Indicação Geográfica fez com que o mármore cachoeirense se tornasse ainda mais conhecido, graças à sua garantia de qualidade única. Compradores de diversos países, que têm a certeza de que estão adquirindo excelentes produtos, movimentam a economia do Estado de Espírito Santo, fortalecendo a visibilidade daquela região nos cenários nacional e internacional.

O parque industrial de beneficiamento de rochas ornamentais, o maior de Espírito Santo, é pioneiro em extração e beneficiamento da pedra em todo o País. Com a introdução de novas técnicas de extração e beneficiamento, o mármore produzido em Cachoeiro de Itapemirim conquistou um grau de qualidade e beleza comparável às melhores pedras do gênero encontradas no mercado internacional.

 

 

Exportações


Segundos dados do Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais (Centrorochas) e do Sindirochas, entidades representantes do setor nacional e estadual, respectivamente, as exportações brasileiras do segmento apresentaram, no primeiro quadrimestre deste ano, um crescimento no faturamento de 28,5% frente ao mesmo período do ano de 2020.

Quando analisadas somente as exportações capixabas, o crescimento registrado foi de aproximadamente 28%, no mesmo período.

De janeiro a abril deste ano, os maiores município exportadores foram Serra (24,5%), Cachoeiro de Itapemirim (21,2%) e Barra de São Francisco (11,9%). Nos quatro primeiros meses do ano, o setor nacional enviou cerca de 655,5 mil toneladas entre chapas e blocos. Estados Unidos (42,6%), China (27,4%) e Itália (6,4%) receberam a maior quantidade de produtos brasileiros.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi