Foto: Reprodução conventodapenha.org.br

Missas não serão abertas aos fiéis na Festa da Penha

Missas não serão abertas aos fiéis na Festa da Penha
Redação Dia a Dia

O guardião do Convento da Penha, frei Paulo Roberto Pereira, divulgou um comunicado em que explica que as missas não estarão abertas ao público no decorrer da Festa da Penha e que a orientação é para que os fiéis permaneçam em casa, cumprindo o isolamento social recomendado pelo Ministério da Saúde.

A Festa da Penha começa neste domingo (12), com o início do Oitavário, e vai até segunda-feira (20), data em que é comemorado o Dia da Padroeira do Espírito Santo.

Confira a programação da Festa da Penha

O maior evento religioso do Espírito Santo em 2020, uma das três maiores e mais antigas festas marianas do Brasil, será totalmente transmitido por canais na internet, TV e rádios durante os nove dias de evento.

Frei Paulo Roberto Pereira é guardião do Convento. Foto: Reprodução conventodapenha.org.br

Orientações aos católicos

“O cuidado e a solidariedade estão entre as virtudes que identificam os que buscam conhecer o caminho de Jesus Cristo Ressuscitado. Ao reviver o mistério da Páscoa e ao iniciar o tempo de preparação para a Festa de Nossa Senhora da Penha, os franciscanos do Convento assim orientam:

• Nestes tempos de pandemia, ficar em casa é o melhor ato de louvor a Deus e reconhecimento do dom precioso que Ele nos concede: viver e cuidar da vida;

• A Festa da Penha 2020 foi replanejada para que todos os fiéis possam vivê-la sem a necessidade de sair às ruas, vir ao Convento ou ao Parque da Prainha;

• Momentos de oração e devoção, missas e bênçãos serão oferecidos durante o tempo do Oitavário e da Festa através das plataformas digitais, da rádio e da televisão;

• Nos dias do Oitavário e da Festa, 12 a 20 de abril, ainda que o portão do Convento permaneça aberto das 08h às 12h, evite sair de casa e vir à Penha. As missas e gravações para garantir a Festa Virtual Interativa estão sendo feitas de forma restrita e não serão abertas ao público. Dessa forma seguimos a orientação das autoridades. O cidadão deve sair de casa apenas em casos de extrema necessidade. É verdade que para nós cristãos a oração e a piedade conservam valores extraordinários; da mesma forma a obediência, a caridade e o cuidado não podem faltar no rol das atitudes cristãs.

• Não se aconselha a reunião de pessoas, ainda que com reta intenção ou movidos de sincera piedade, para fazer os percursos das tradicionais romarias. Tais exercícios de devoção serão promovidos em tempo oportuno.

• O apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Vila Velha se juntará ao esforço dos organizadores da Festa para que sejam evitadas aglomerações no entorno do Convento.

Frei Paulo Roberto Pereira, ofm, guardião do Convento da Penha”