Foto ilustrativa: Pixabay

Mitos e verdades sobre o uso da chapinha nos cabelos

Mitos e verdades sobre o uso da chapinha nos cabelos

O uso da chapinha se tornou recorrente para muitas mulheres que desejam fios lisos diariamente. No entanto, para que esse hábito não se torne prejudicial é fundamental ter boas informações sobre o método.

Entender os mitos e verdades sobre o uso da chapinha reduz as práticas ruins que podem danificar o fio e causar problemas capilares severos no longo prazo. Conheça alguns deles a seguir!

Pode fazer chapinha no cabelo sujo – VERDADE

O primeiro mito sobre o uso da chapinha é que não se pode fazer o alisamento com os cabelos sujos.

Apesar de ser mais recomendado lavar o cabelo antes de fazer o processo, a princípio, não há danos ao fio por ele não ter sido lavado antes.

É recomendado sempre secar o cabelo antes – VERDADE

Sim, um dos principais conselhos dos especialistas é que a chapinha só seja realizada em fios secos. Quando o cabelo ainda está molhado e entra em contato com a chapa quente, a água aquece e pode comprometer a estrutura do fio, causando bolhas internas nos fios.

Esse quadro conhecido como bubble hair aumenta a fragilidade e quebra dos cabelos.

Dessa forma, recomenda-se fazer uma pré-secagem antes de usar a chapinha, o que evitará danos aos fios, mas também facilitará a modelagem e finalização do cabelo, entregando um resultado estético mais satisfatório.

Chapinha faz mal ao cabelo – VERDADE

Estudos científicos mostram que a chapinha faz mal ao cabelo.

Ao superaquecer o fio, as pranchas podem danificar sua estrutura, principalmente da cutícula, camada que reveste o fio superficialmente.

Algumas boas práticas, como o uso de protetores térmicos e uso esporádico do aparelho, podem ajudar a reduzir os riscos e danos das chapinhas aos cabelos.

Chapinha pode causar danos ao couro cabeludo – VERDADE

Sim, além de causar danos aos fios, um risco do uso do método é causar queimaduras no couro cabeludo.

Para evitar esse risco é preciso manter a chapa a, pelo menos, três centímetros de distância do couro cabeludo, manusear o item corretamente e nunca permitir que crianças ou adolescentes executem sozinhas o processo de alisamento.

Não é preciso se atentar ao modelo da chapinha – MITO

Muitas pessoas acreditam que chapinha é tudo igual, o que é um mito e pode provocar o uso errôneo do equipamento.

As chapas mais estreitas são recomendadas para cabelos curtos e franjas, enquanto as mais largas são recomendadas para cabelos médios e compridos.

O uso do tipo correto facilita o manuseio e alisamento, entregando um resultado mais satisfatório com menor exposição dos fios às elevadas temperaturas.

Além disso, é sempre preferível usar a chapa de cerâmica que estabiliza a temperatura, evitando oscilações. A chapa de metal é contra indicada porque pode esquentar demais, causando danos aos fios e acidentes domésticos.

O protetor térmico é essencial – VERDADE

Sim, aplicar o protetor térmico antes do uso do secador ou da chapinha é fundamental para reduzir os danos das elevadas temperaturas nos fios.

Os termoativados criam uma barreira nos fios, protegendo das temperaturas elevadas sem comprometer o alisamento. No entanto, recomenda-se que ele seja aplicado apenas na extensão dos fios, evitando a oleosidade da raiz.

É preciso passar a chapa devagar para melhorar o alisamento – MITO

Um dos mitos do uso da chapinha com grande potencial de resultar em danos aos fios é passar o equipamento vagarosamente para alisar mais os fios.

Na verdade, o manuseio correto da chapa é passá-la rapidamente pela mecha, evitando danos pelo calor e também obtendo um alisamento mais satisfatório.

Para que essa prática seja bem-sucedida recomenda-se desembaraçar bem os fios antes de alisar e também dividir o cabelo em mechas pequenas, trabalhando cada parte de uma vez.

Os cuidados diários garantem cabelos bonitos e saudáveis – VERDADE

Apesar de não estar diretamente relacionada ao uso da chapinha, essa verdade sobre os cuidados capilares faz toda a diferença na saúde dos fios.

Cuidar dos cabelos diariamente é fundamental, independentemente se você usa a chapinha com frequência ou não. Os bons hábitos garantirão fios mais saudáveis e bonitos ao alisar.

O indicado é lavar os fios com produtos apropriados ao seu tipo de cabelo e fazer a hidratação ou umectação periodicamente (especialmente se usar equipamentos térmicos no cabelo).

Lembre-se ainda que diferentes fatores influenciam a saúde capilar, como uma alimentação balanceada e nutritiva, reduzir o estresse e ansiedade, evitar tracionar os fios e ter uma rotina correta de higienização.

Caso identifique alguma alteração significativa, como queda de cabelo, dermatites ou afinamento dos fios, é essencial uma consulta com médico especialista em cabelos para diagnóstico e indicação do tratamento mais apropriado.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz