Morre empresário acusado de matar a mulher e atirar contra a própria cabeça

Morre empresário acusado de matar a mulher e atirar contra a própria cabeça

O empresário Wellington Denadai Andreão, 41 anos, principal suspeito de matar a mulher e depois atirar contra a própria cabeça, não resistiu aos ferimentos e morreu no início da noite desta quinta-feira (20).

A técnica de enfermagem Leidiane Erqui Tonetti Andreão, 36 anos, mulher de Wellington, foi morta com um tiro no rosto, por volta de 1h30 de sábado (15), dentro de sua casa, no bairro Aracuí, em Castelo.

Testemunhas ouvidas pela polícia apontam que o autor do disparo foi o marido, durante crise de ciúmes. Logo após atirar na esposa com uma pistola registrada em seu nome, Wellington teria atirado contra a cabeça.

O empresário foi socorrido e levado primeiro para a Santa Casa de Castelo e, em seguida, para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, onde acabou morrendo após cinco dias.

A Polícia Civil informou que o corpo de Wellington foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim para ser liberado para os familiares e também para ser feito o exame cadavérico. De acordo com a Polícia Civil, o inquérito que investigou o crime foi concluído e relatado ao Ministério Público. Em função da morte do principal suspeito, ressaltou a polícia, não foi possível esclarecer a motivação do homicídio.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi