seg 22/julho/2024 07:19
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura

Com só um posto funcionando, há grandes filas para abastecer GNV em Cachoeiro

redacao
Redação Dia a Dia

Os motoristas que usam gás nacional veicular (GNV) para abastecer seus veículos estão reclamando da demora no atendimento no único posto de Cachoeiro que fornece o produto.

Mais dois estão prontos e dependem de liberação da ES Gás para começarem a funcionar, segundo garantem os próprios motoristas, a partir de informação dos proprietários dos postos de combustível.

Entre os que mais reclamam estão os motoristas de veículos de aplicativo, que dizem que perdem até uma hora para abastecer, e enquanto isso são obrigados a recusar corridas, levando prejuízo sempre que precisam ir ao posto.

Além do Posto Caiçara, em Cachoeiro, o outro local que fornece o GNV é na Safra, em Itapemirim, mas os condutores que optam pelo local também não estão livres das filas e da demora, relata o motorista de aplicativo Raphael Arruda.

“O posto da Safra, em Itapemirim, está passando por constantes manutenções na rede elétrica. Os motoristas de Cachoeiro só tem um posto que abastece com o GNV, o que provoca esperas e filas de até uma hora”, reclama Raphael.

Segundo ele, já foi feito contato com a ES Gás, já que só falta ela liberar os dois postos, porém está demorando demais. “Precisamos de uma previsão da empresa para resolver esse problema de vez”.

Outro motorista, que preferiu não se identificar, afirma que o fato da cidade só ter um posto com GNV causa prejuízos para os trabalhadores que, como ele, dependem do carro para viver.

O homem diz que existe apenas um outro posto com o compressor quebrado na Safra, e que o Posto União ainda não conseguiu a licença, bem como o posto Caiçara II, que também está dependendo de permissão do governo para voltar à ativa.

“Fica super aglomerado. Carro no pátio, carro na pista, carro descendo para o Capaac e espera de 30, 40 minutos e até uma hora na fila e deixando de fazer renda. Por consequência está esse caos aí. Está feio o negócio”, ressaltou.

 

Liberação dos novos postos em 30 dias

Consultada, a ES Gás, concessionária responsável pela distribuição do gás natural canalizado e pela liberação das licenças, informa que “concluiu todos os trâmites previstos para interligar os dois novos postos de combustíveis à sua rede de distribuição.

Para que a oferta do GNV (gás natural veicular) efetivamente ocorra aos moradores de Cachoeiro de Itapemirim e região, é necessário que a companhia de energia elétrica faça as devidas ligações para acionamento do compressor da ES Gás, em um dos postos.

Já no outro é preciso que seja feita a regulagem da compressão pelo proprietário do empreendimento. A estimativa da Companhia é que ambos os procedimentos dos terceiros estejam concluídos em até 30 dias, permitindo que a ES Gás inicie a distribuição dos volumes contratados”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alface-credito Arquivo Incaper-20-07-2024

Banestes anuncia R$ 1 bilhão em recursos para Plano Safra 2024/25

professor

Abertas 200 vagas em curso gratuito de pós-graduação em educação à distância

moradores-recebem-geladeiras-20-07-2024

Moradores atingidos pelas chuvas no Sul do ES recebem doação de geladeiras e lâmpadas

moto-apreendida-19-07-2024

Moto clonada é apreendida em Cachoeiro após ser flagrada pelo videomonitoramento

prisao-suspeito-19-07-2024

Preso suspeito de atirar em mototaxista e enfermeiro em Cachoeiro

Hospital-do-Aquidaban-2-e1609786208993

Enfermeiro baleado já havia pedido medida de afastamento. Familiares pedem justiça

acidente-br-482-19-07-2024

Motociclista de 53 anos morre atropelada por caminhão

cao-atendimento-veterinario

Inscrições prorrogadas para cursos técnicos gratuitos

Leia mais