Foto: Polícia Federal

Mulher presa por dinheiro falso em Cachoeiro não tinha passagem pela polícia

Mulher presa por dinheiro falso em Cachoeiro não tinha passagem pela polícia
Redação Dia a Dia
Uma mulher de 31 anos, residente no bairro Vila Rica em Cachoeiro, e que não  tinha passagem pela polícia ou sido processada criminalmente, foi presa em flagrante nesta segunda-feira (6) por receber pelos Correios R$ 8mil em notas falsas.
A mulher foi flagrada após a Delegacia de Polícia Federal (PF) em Cachoeiro receber informações da Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios noticiando uma suposta encomenda contendo cédulas falsas.
A partir dessa denúncia, a PF assumiu a ação. Diante da suspeita do crime, os policias abriram a correspondência na frente da mulher e constataram que havia diversas notas de 100 reais no seu interior, aparentemente falsas, tendo em vista que alguns números de série se repetiam nas notas.
“Em ambos os casos as notas apreendidas apresentam os mesmos números de série, indicando que foram adquiridas de um mesmo fornecedor”, enfatiza.
Victor Baptista diz que apenas em 2021 já foram apreendidos mais de R$ 30 mil em notas falsas no Espírito Santo. “Importante dizer sobre o crime de moeda falsa é que mesmo quem tenha recebido de boa-fé, como verdadeira, moeda falsa ou alterada, responde por crime caso restitua à circulação sabendo da falsidade da nota.
SAIBA MAIS

A mulher presa em Alegre no dia 16 de novembro carregava R$ 2,1 mil em notas de R$ 100 falsas e já havia feito compras na cidade.

A informação da Polícia é de que além das mulheres, três homens num veículo Gol de cor vermelha também teriam participado da ação e tentado repassar notas falsas no comércio local, mas os suspeitos não foram localizados.

A mulher que dirigia o veículo da que foi presa com as notas falsas era apenas motoristas de carro de aplicativo e foi liberada.

Ultimas Notícias