Foto ilustrativa: Creative Commons

Música, degustação e aula-show no Festival do Queijo e Café de Alegre

Música, degustação e aula-show no Festival do Queijo e Café de Alegre

Queijo e café é considerada por muitos uma combinação perfeita. Parece tradição mineira, mas o Espírito Santo também se destaca na produção. Quando o assunto é café, o município de Alegre está entre os dez melhores conilons do Brasil, de acordo com a Feira Internacional do Café. E no que se trata de queijo, a cidade já tem tradição, são mais de 30 agroindústrias do derivado.

Para apresentar todo esse potencial, a Prefeitura de Alegre, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, vai realizar junto ao Idaf e Incaper,  nesta sexta (13) e sábado (14), o 1º Festival de Queijo e Café do município.

Na Praça do Pico, produtores da agricultura familiar de Alegre vão poder expor seus produtos. Vai ter música e uma praça de alimentação para atender os visitantes, uma oportunidade de aproximação entre produtores e consumidores.

“As pessoas não sabem o que é produzido na região enquanto município, então o festival é um momento de descontração e uma oportunidade das pessoas apreciarem, conhecerem e valorizarem os produtos da cidade”, aponta a secretária de Desenvolvimento Rural de Alegre, Alessandra Vasconcelos Albergaria.

Mas o Festival não se resume a isso, eventos técnicos também estão programados, como a 1° Mostra de Café de Qualidade e o 1° Concurso de Queijos de Qualidade.

Das 30 amostras de café inscritas, 22 estavam aptas a participar da Mostra. Enquanto no Concurso de Queijo, as seis agroindústrias devidamente registradas no serviço de inspeção do município participam da disputa.

“Nós estamos fazendo esse concurso como uma forma de valorizar e incentivar pessoas que ainda estão na informalidade”, destaca a secretária.

Diferente do concurso, que vai eleger o melhor queijo da cidade, a Mostra de Café não tem caráter competitivo. Será realizada uma degustação técnica do café e a partir daí, os cafeicultores vão poder conhecer melhor os seus produtos. “O produtor vai receber um laudo com a nota do café. Acima de 80 pontos é caracterizado café especial.”

Este, inclusive, é o novo perfil da produção de café da região, que já teve uma grande lavoura do grão. A preocupação agora, de acordo com a secretária, é produzir com qualidade e para isso, a prefeitura fez um acordo de cooperação técnica com a Caparaó Júnior para atender os produtores na parte de produtividade e qualidade.

“A gente está incentivando esse trabalho para dar assistência a esse produtores, incentivando o produtor a trabalhar a qualidade deste produto [café].”

A expectativa é que passem pela feira cerca de 300 pessoas por dia. A organização não estimou a movimentação financeira, mas espera que o evento dê visibilidade aos produtos locais e crie oportunidades de inserção nos grandes mercados da cidade.

Segundo a secretária, a segunda edição do evento deve contar com uma Roda de Negócios, para fortalecer a relação dos produtores da agricultura familiar com os empresários da região.

Programação

1° Festival de Queijo e Café de Alegre
13 de setembro (sexta-feira)
16h – Concurso de Qualidade do Queijo
19h – Praça Gourmet com apresentação musical, degustação e exposição de produtos

14 de setembro (sábado)
17h – Mostra de Qualidade do Café com Aula-Show de Gabriel Barista (Canto Caparaó)
19h – Praça Gourmet com apresentação musical, degustação e exposição de produtos

Ultimas Notícias

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi