Prédio conta com dois pavimentos. Foto: PMI

Obra de centro médico de Itapemirim entra na fase final

Obra de centro médico de Itapemirim entra na fase final
Obra de centro médico de Itapemirim entra na fase final
Redação Dia a Dia

As obras do Centro de Especialidades Médicas de Itaipava, em Itapemirim, no Litoral Sul do Espírito Santo, entraram na fase final de acabamento, faltando apenas o calçamento e o paisagismo do entorno, que serão executados pela Secretaria Municipal de Obras.

O novo prédio, que está sendo construído na avenida Itapemirim, em Itaipava, contará com 10 consultórios médicos e 3 salas de DML.

A estrutura está sendo erguida numa área total de 457,12 metros quadrados e vai ofertar mensalmente mais de 500 atendimentos em 12 especialidades: dermatologia, urologia, cardiologia, psiquiatria, endocrinologia, gastroenterologia, ortopedia, nutrição, psicologia, ginecologia, otorrinolaringologia e neurologia.

Centro de Especialidades Médicas em fase de acabamento. Foto: PMI

Além dos consultórios, o prédio terá sala de espera com 44 lugares, cinco consultórios com instalações sanitárias, além de recepção, vestiários masculino e feminino, sala de reunião, copa, arquivo, sala de espera, sala de administração, estacionamento e salas para diversas utilidades.

O acesso ao segundo pavimento se dará por meio de escada e plataforma elevatória, garantindo acessibilidade às pessoas com mobilidade reduzida.

“O Centro de Especialidades, sem dúvidas, será um ganho para toda a sociedade, onde vamos aperfeiçoar a qualidade do atendimento aos cidadãos, facilitando o acesso à saúde e reduzir a espera por consultas especializadas”, afirma o prefeito Thiago Peçanha Lopes. que é médico.

Recursos próprios

Segundo a prefeitura, o Centro de Especialidades Médicas foi construído com recursos próprios do município, e visa dar mais conforto aos pacientes, evitando que façam viagens cansativas, demoradas e que muitas vezes comprometem ainda mais a saúde do usuário, visto que muitas pessoas não vão precisar se deslocar a Cachoeiro, Vitória, Vila Velha, ou outras localidades para realizarem determinadas consultas e procedimentos.

“As contratações dos profissionais passaram por rigorosos critérios de seleção, para que estes realmente tenham o perfil de trabalhadores comprometimentos com a arte de cuidar”, afirma a secretária de Saúde de Itapemirim, Zélia Costa.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias