Equipe remove pipa presa na rede elétrica. Foto: EDP

Pipas em fio causam 11 mil acidentes em Cachoeiro. Rapaz de 18 anos morreu

Pipas em fio causam 11 mil acidentes em Cachoeiro. Rapaz de 18 anos morreu
Redação Dia a Dia

A morte de um rapaz de 18 anos, que sofreu descarga elétrica, no início da noite desta quinta-feira (11), em Cachoeiro de Itapemirim, reacendeu o alerta para o risco de soltar pipa. Em 45 dias, segundo levantamento da EDP, foram cerca de 11 mil incidentes na cidade.

Local do acidente no bairro Otton Marins

O acidente com o rapaz, que faria 19 anos na próxima sexta (19), ocorreu por volta de 18h20 na rua Frei Antonin, bairro Otton Marins.

Vizinhos relataram que ele teria subido no terraço de uma residência e tentou pegar a pipa, presa à rede elétrica, utilizando uma vara de vergalhão. Só que a peça metálica encostou na fiação e ele sofreu descarga, morrendo no local.

Quando a equipe do Corpo de Bombeiros chegou, o jovem já estava sem os sinais vitais.

De acordo com a EDP, que é a distribuidora de energia elétrica no Espírito Santo, entre o dia 1º de abril e 15 de maio 10.997 clientes da companhia ficaram sem energia em função de acidentes envolvendo pipa.

Para a EDP o número é ainda mais expressivo se comparar o mesmo período de 2019, quando foram registrados 1 992 acidentes, ou seja, um aumento de 580%.

 

Dicas da empresa para evitar acidentes

 

  • Um acidente causado por descarga elétrica pode deixar sequelas como queimaduras e, em casos mais extremos, causar a morte.

 

  • Empine pipas longe de rede elétrica, em locais onde não exista nenhum tipo de cabo de energia, de serviço telefônico ou antenas de celular

 

  • Empinar pipas em locais como lajes e muros deve ser evitado. A proximidade com os fios de alta tensão aumenta o risco de acidentes graves e fatais, além do perigo de quedas

 

  • Se a pipa ficar presa nos fios elétricos, não tente retirá-la. Nunca use varas nem suba no poste para tirar uma pipa. O choque, nestes casos, pode ser fatal. Somente técnicos da distribuidora, treinados para este trabalho, que exige o uso de equipamentos de segurança, estão aptos a manusear a rede.

 

  • Além de serem proibidos, o cerol e a chamada “linha chilena” trazem risco para quem está empinando a pipa e também para terceiros, como motociclistas e pedestres, além de oferecem perigo no contato com a rede de energia. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito;

 

  • Arremessar objetos na rede elétrica para o resgate da pipa pode causar graves acidentes. O “lança-gato” (pedra presa a uma linha), ou qualquer outro objeto, não devem ser lançados na rede

 

  • Em caso de ocorrências com a rede elétrica, o contato pode ser feito pelo site www.edponline.com.br, aplicativo EDP Online para smartphone ou pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) no 0800  721 0707.

 

  • Para registro de falta de energia, é possível também enviar SMS para 28037 com a mensagem Sem Luz.
Ultimas Notícias
Ultimas Notícias