Polícia ainda não tem motivação para morte de vereador de Kennedy

Polícia ainda não tem motivação para morte de vereador de Kennedy

Em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (28), o delegado Thiago Viana, titular da Delegacia de Polícia de Presidente Kennedy, informou que ainda não é possivel apontar a motivação do crime que levou à morte o vereador Marcos Augusto Costalonga, o Marquinho da Cooperativa, ocorrido no dia 27 de maio.

Dos homens presos na manhã desta quarta, dois negam a participação no crime, mas está confirmado que um deles certamente esteve na cidade no dia do assassinato, e também no dia em que o veículo HB20 usado para a fuga foi queimado, informa o delegado Viana. ” Eles sempre negam. Vamos continuar investigando”, afirma.

Segundo ele, a polícia ainda não pode afirmar se foi homicídio ou latrocínio, o que deverá ocorrer na segunda fase das investigações, quando inclusive será e investigada a existência de um suposto mandante do crime.

“Desarticulamos uma quadrilha que praticava crimes patrimoniais e sempre agia junta”.

Thiago Viana esclarece que todas as investigações em relação ao vereador mostraram que ele era uma pessoa muito querida e que não teria contrariado interesses de ninguém.

” Continuaremos nosso trabalho para finalmente chegar à motivação do crime. No primeiro momento precisávamos chegar aos executores e foi isso que fizemos”.

A Polícia Civil informa que as prisões foram possíveis a partir do cumprimento de mandados de prisão temporária, realizados durante diligências da Operação Estado Presente.

SAIBA MAIS

Na manhã desta quarta (28), quatro homens suspeitos de participação no assassinato do vereador foram presos ;

Dois foram detidos no Aquidaban, um no Village da Luz, e o quarto suspeito foi preso no distrito de Aracuí, em Castelo. Eles foram levados para a 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro para serem ouvidos;

O vereador Marcos Augusto Costalonga tinha 49 anos, era vice-presidente da Câmara, cumpria o primeiro mandato e foi morto a tiros no dia 27 de maio.

No momento do assassinato, o vereador voltava de um jogo de futebol acompanhado da esposa e de um amigo e foi emboscado na comunidade de Leonel.

Os criminosos estavam num HB20 e dispararam vários tiros em direção à Hilux SW4 do vereador. Ele morreu na hora, a esposa levou um tiro na perna e o amigo ficou ferido em consequência do acidente.

A HB20 usada pelos criminosos foi encontrada incendiada quatro dias após o assassinato.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi