Policiais fazem escolta armada de 30 respiradores para pacientes com Covid-19

Policiais fazem escolta armada de 30 respiradores para pacientes com Covid-19
Policiais fazem escolta armada de 30 respiradores para pacientes com Covid-19
Alessandro Araujo de Paula

Policiais armados fizeram a escolta do caminhão que transportou 30 respiradores destinados a atender pacientes com Covid-19, que chegaram na tarde deste sábado (2) no Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra.

O objetivo foi evitar qualquer tipo de interceptação de criminosos, uma vez que é uma carga valiosa e vital no tratamento da doença, e dar suporte ao caminhoneiro no trajeto entre o município de Cotia-SP, de onde saiu a carga, ao Espírito Santo.

De acordo com o governador Renato Casagrande, os equipamentos fazem parte de um lote de 59 respiradores adquirido pelo hospital. “A empresa teve dificuldades de fazer a entrega. Fomos à Justiça. A Procuradoria atuou e conseguimos um acordo judicial”, disse.

Os 30 respiradores serão usados para ampliar o número de leitos de UTI. Os outros 29 respiradores ainda serão enviados.

Os policiais que fizeram a escolta – no total de seis – são do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas (Nuroc), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

A carga estava na fábrica da empresa em Cotia. Entre ia e volta foram três dias de viagem. Parte do trecho contou com o apoio da Polícia Militar de São Paulo.

A carga chegou primeiro ao quartel do Comando-Geral do Corpo de Bombeiros, na madrugada, e ainda pela manhã seguiu para o hospital, que é referência para casos do coronavírus no estado.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias