José Maria Vieira de Novaes apresentou o projeto do porto aos chineses. Foto: Porto Central

Porto Central de Presidente Kennedy é apresentado a empresários na China

Porto Central de Presidente Kennedy é apresentado a empresários na China

Empresários chineses conheceram nesta sexta-feira (25) o projeto do Porto Central de Presidente Kennedy, durante missão presidencial. O empreendimento portuário foi o único projeto de infraestrutura selecionado pelo governo federal para ser apresentado no Seminário de Investimentos em Infraestrutura de Pequim.

Na ocasião deverá ser assinado na China um acordo entre petrolíferas do país e o Porto Central. A programação prevê ainda iniciativas de networking com potenciais parceiros locais, com objetivo de abrir oportunidades de ampliação das exportações e atração de investimentos estrangeiros para o Espírito Santo.

O diretor-presidente do Porto Central, José Maria Vieira de Novaes, que apresentou o empreendimento aos chineses, está participando da missão com a participação do presidente Jair Bolsonaro e ainda visitará Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, e Riad, na Arábia Saudita.

Novaes dividiu o painel com representantes da Secretaria Especial do Programa de Parceria de Investimentos (PPI), do Ministério de Minas e Energia e da Petrobras.

O projeto

O Porto Central é um complexo industrial-portuário privado de águas profundas, de classe mundial que será instalado em Presidente Kennedy, no Sul do Espírito Santo. Ele será um empreendimento de múltiplo propósito e vai fornecer infraestrutura para instalação de vários terminais portuários. Os investimentos previstos na primeira fase serão da ordem de R$ 5 bilhões.

Projeto do Porto Central que será construído em Presidente Kennedy. Foto: Porto Central

A expectativa é que as obras ocupem uma área de 20 milhões de metros quadrados, com investimentos de R$ 5 bilhões.

O terminal deverá contar com 30 berços. A profundidade deve variar de 10 a 25 metros, o que vai permitir que o porto receba navios de grande porte.

As obras devem ser iniciadas no segundo semestre de 2020. Elas estão divididas em quatro etapas e o início da operação está previsto para 2022.

O empreendimento, que irá movimentar contêineres, seguirá o modelo do Porto de Roterdã, na Holanda.
O terminal irá operar diversos tipos de cargas, como produtos químicos, granéis líquidos, petróleo e derivados, granéis sólidos, minério de ferro, carvão, ferro gusa, soja, trigo, milho e outros produtos agrícolas, fertilizantes e veículos.

Missão brasileira no exterior

Abu Dhabi

Período: 27 e 28 de outubro

Agenda: seminário e encontros de networking e negócios

Foco: exportação e atração de investimentos

Riad

Período: 29 e 30 de outubro

Agenda: seminário e reunião de negócios

Foco: atração de investimentos

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi